sábado, 20 de dezembro de 2014

Comunicado mensal: associados de setembro a dezembro

WEB TV da UNEB de Juazeiro entrevista Presidente da ABPEducom


O programa "O Que É Que Tá Rolando" da WEB TV da Universidade Estadual de Juazeiro entrevistou o Presidente da ABPEducom durante sua recente visita a Juazeiro, BA. O professor Ismar conversou com Juliana Magalhães, graduanda em Comunicação Social - Jornalismo em Multimeios, sobre a sua carreira, a Educomunicação e a importância desse novo campo de pesquisa para a sociedade.

A presença do NCE em Mato Grosso: do Educomrádio.Centro-Oeste à Rádio Escola

Em destaque, Caio Higor e Jeferson Boldrini,
coautores do artigo sobre a Rádio Mania de Alta Floresa
Um dos paineis do Seminário de Educação (SemiEdu – 2014), com o tema “Educação e seus modos de ler-escrever em meio à vida”, ocorrido no campus da UFMT, entre os dias 23 a 26 de novembro, em Cuiabá, acolheu o trabalho acadêmico intitulado “Rádio Mania: um projeto de rádio escola em Alta Floresta”, abordando o desenvolvimento da prática educomunicativa na Escola Estadual Jayme Veríssimo de Campos Júnior, de Alta Floresta, no norte do estado do Mato Grosso.

O trabalho foi apresentado por Jefferson Boldrini, Caio Higor Alvarenga e Eduardo Medeiros, todos vinculados à Universidade do Estado do Mato Grosso (Unemat). O painel foi coordenada pelo professor Ismar de Oliveira Soares, Presidente da ABPEducom.

IBERCOM 2015 terá Educomunicação como divisão temática

O XIV Congresso Internacional da IBERCOM 2015, a realizar-se na ECA/USP, entre 29 de março e 2 de abril de 2015, terá grupo de Educomunicação. Serão aceitos trabalhos de autoria de professores e estudantes de pós-graduação.

O interessado deve encaminhar um resumo expandido entre 1,5 mil a 2 mil caracteres (incluindo espaços), indicando a Divisão Temática. Os resumos serão recebidos de 15.11.2014 a 15.01.2015 somente através da página do Congresso. O resultado da seleção dos trabalhos aceitos será divulgado no dia 02.02.2015 na página do Congresso.

Os trabalhos inscritos deverão ser encaminhados para uma das Divisões Temáticas listadas abaixo:

Ministério da Justiça e UNESCO pesquisam opinião dos pais sobre Classificação Indicativa

Num trabalho conjunto entre o Ministério da Justiça e a Unesco, acaba de ser divulgado o resultado de uma pesquisa sobre o comportamento de crianças, adolescentes e pais em relação ao uso dos meios de comunicação. Foram entrevistadas três mil pessoas. Destas, 98% consideram que a programação dos meios audiovisuais deve ter algum tipo de controle.

Para 85% dos entrevistados, as regras de “classificação indicativa” na TV aberta devem permanecer como se encontra hoje, obedecendo a faixa de horária recomendada para cada idade. Um total de 91% dos respondentes diz que além dos símbolos que são mostrados para informar a classificação indicativa, deveria existir um apresentador que fale expressamente sobre a recomendação que precede a exibição do programa televisivo.

Segundo a pesquisa, a televisão é usada por 67% das crianças e adolescentes do Brasil e 50% de deles se acostumaram a ver a programação no período noturno. As mães são as responsáveis mais presentes nos horários em que os filhos assistem TV. De acordo com elas, entre os critérios a serem adotados para definir a qualidade da programação devem figurar: seu caráter educativo (95%), ser divertido (83%), incentivar o desenvolvimento pessoal e afetivo (83%) passar informações sobre o mundo e a sociedade (81%).

Um resumo da pesquisa foi divulgado pela Newletter de SIGNIS.

Adolescente do Educom.rádio chega à Pós-Graduação, na ECA-USP

Dodô Calixto (em destaque à direita)
relembra sua história no educom.rádio
Durante a Aula Ômega (última do ano), os alunos da Licenciatura em Educomunicação receberam, no dia 16 de dezembro, a visita de Douglas Calixto, jovem de 25 anos. Em sua adolescência, participou do Educom.rádio, programa que levou a prática educomunicativa para as escolas da prefeitura de São Paulo entre 2001 e 2004.

Recém aprovado no programa de mestrado em Ciências da Comunicação, Douglas relatou sua história: “Não sei se a ECA-USP ou a Prefeitura de SP tinham noção da dimensão do Educom.rádio. Nós jovens da periferia de SP estávamos acostumados a ser silenciados. Economicamente silenciados. Socialmente silenciados. Culturalmente silenciados... A oportunidade de se expressar, de poder opinar e "ter voz" na frente de todos foi sem dúvida muito marcante para mim. E lembro que foi marcante para todos. Lembro de lágrimas nos olhos de alguns colegas em algumas dinâmicas”.

domingo, 14 de dezembro de 2014

Cúpula de Lima: jovens latino-americanos manifestam-se pela redução das mudanças climáticas

Milhares de jovens chegaram a Lima para participar da Cúpula dos Povos sobre as mudanças climáticas, somando-se à grande Marcha Mundial em Defesa da Mãe Terra que ocorreu, no dia 10 de dezembro na capital do Peru. Fazem parte do Movimiento de jóvenes latinoamericanos y caribeños frente al cambio climático - www.cliclac.org

Até o momento, estão integrados jovens de 18 países da América Latina e Caribe, com participação majoritária de jovens indígenas de diferentes etnias e culturas, aos quais se somam universitários envolvidos com a mesma temática. A meta é chegar no início de 2015 a contar com representantes nas 34 nações da Região.
Tribunal para os Direitos da Natureza

 

Veja também informações produzidas pela Agência Jovem de Notícias, um projeto liderado pela ONG Viração Educomunicação, entidade associada à ABPEducom, presente na Cúpula de Lima com uma equipe multinacional de jovens. Numa destas notas, é apresentado o Tribunal Internacional para os Direitos da Natureza.

México sedia fórum internacional de Alfabetización Mediática e Informacional

Realizou-se na cidade do México, entre 10 e 12 de dezembro, o Foro Latinoamericano y del Caribe de Alfabetización Mediática e Informacional. O evento, promovido pela UNESCO, teve como objetivo impulsionar a reflexão e a geração de ações e de políticas públicas em torno ao tema da educação midiática nos países da América Latina e Caribe.
O mesmo contou com a organização local da Universidad Nacional Autónoma de México, através de TV UNAM, com o apoio do Sistema Público de Radiodifusión del Estado Mexicano. A Universidad Autónoma de Barcelona ofereceu suporte acadêmico.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...