quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Presidente da ABPEducom participa de encontro dos Maristas, em Brasília


A Educomunicação como caminho de participação de crianças e adolescentes é o tema do III Seminário de Educação e Direitos Humanos do IMAS (Instituto Marista de Assistência Social)O evento ocorre em Brasília, nos dias 30 e 31 de outubro de 2013, contando com a presença de especialistas, entre os quais o Prof.Dr. Ismar de Oliveira Soares,  Presidente da ABPEducom, que falará sobre “Participação juvenil por meio da educomunicação”. 

As perguntas básicas colocadas pelos organizadores do evento são: Que diálogos nós podemos tecer com as experiências existentes? Que instrumentos podemos colocar a serviço dos mais jovens, para ampliar sua voz?

De acordo com o Prof. Gerando de Oliveira Costa, coordenador do evento, o que se pretende é compreender o alcance, a intencionalidade e o sentido humanista, social, político e pedagógico da EDUCOMUNICAÇÃO, que possibilita aos mais jovens a comunicação (recepção e produção) como direito e exercício de criticidade e cidadania. Para tanto,  o evento possibilitará a divulgação me debate de projetos das instituições maristas que têm buscado atuar na interface entre Educação, Direitos Humanos e Comunicação.

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Membro da ABPEducom vence Prêmio ARede 2013



Em cerimônia realizada na noite de segunda-feira, 28, o projeto Agência Jovem de Notícias, iniciativa colaborativa da Viração, membro fundador da ABPEducom, foi um dos contemplados pelo Prêmio ARede 2013, vencendo a categoria Terceiro Setor – Capacitação e Formação. O evento, ocorrido em São Paulo (SP), premiou iniciativas privadas, públicas e do terceiro setor, espalhadas pelo Brasil, que promovem a inclusão social utilizando as tecnologias de informação e comunicação. 

 O Prêmio ARede é considerado uma das principais premiações da área e é organizado pelo Instituto Bit Social e pela revista ARede. Em sua sétima edição, cerca de 200 projetos foram inscritos e avaliados por uma comissão julgadora composta por representantes da sociedade civil, do governo e do setor privado. 

Entre os premiados da noite, estavam o Floresta Digital, projeto do governo do Acre que oferece internet sem fio gratuita a população, o Inclusão Produtiva de Jovens e Pessoas com Deficiências, do IOS, que busca incluir pessoas com deficiência no mercado de trabalho, e Escrevendo com o Escritor, do Instituto Francisca de Souza Peixoto, que promove encontro dos jovens com autores de livros, como incentivo à leitura. 

A Agência Jovem de Notícias (AJN) recebeu o Prêmio pelo período de 2012, quando formou 70 adolescentes e jovens durante 38 encontros, mais as coberturas educomunicativas durante o ano. Pela Vira, receberam o Prêmio a presidenta da organização Susana Sarmiento, a diretora-executiva Lilian Romão, os educomunicadores Rafael Silva e Elisangela Nunes, e os adolescentes Carlos Eduardo, Paolla Menchetti, Victoria Satiro, Nathalia Salvatore e Jonathan Saints, adolescentes que integram a AJN. 

O núcleo de formação da AJN acontece em São Paulo desde 2011 e recebe adolescentes e jovens de diferentes pontos da cidade para discutir temas relacionados ao direito humano à comunicação, juventudes, cidadania etc, e capacitação técnica para a produção de comunicação, como redação, fotografia, webrádio, redes sociais e mídias artesanais. Esse processo se consolida em produtos de comunicação colaborativos, que têm o potencial de envolver outros agentes, expandir a rede de pessoas trabalhando pela comunidade e a cidade, servir como veículo de divulgação das ações de organizações não-governamentais e governamentais da cidade. 

A AJN tem entre seus parceiros o Funda das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e o apoio de organizações como a Casa de Cultura e Cidadania, Curso Popular Mafalda, ETEC Cepam, EMEF Sud Menucci, Sou da Paz, TV USP, Ação Educativa e Coletivo Imagem.

Fonte/Foto: Agência Jovens de Notícias.

domingo, 27 de outubro de 2013

Presidente da ABPEducom apresenta a Educomunicação a pesquisadores, na Cidade do México

Prof. Ismar Soares, Presidente da APBEducom, e Gladys Ortiz, da Universidad Autónoma Metropolitana, no México, depois de palestra sobre educomunicação como política pública,
na Unidad Lerma (UAM-L)


Entre 23 e 25 de outubro, o Prof. Ismar Soares, Presidente da ABPEducom, esteve na cidade do México, atendendo convite do Grupo de Estudios en Comunicación Educativa (GECE) da Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM), Universidad Autónoma Metropoloitana, Unidad Lerma (UAM-L), Universidade Pedagógica Nacional (UPN) y Universidad Veracruzana (UV). Coordenaram as atividades, as professoras doutoras Delia Crovi, Gladys Ortiz, Marilu Garay, Rocio Gonzales, com a secretaria de Daniel Hernández Gutierrez. 

Trata-se de um grupo com representabilidade na América Latina, levando em com que a Profa. Dra. Delia Crovi, da UNAM, foi por 17 anos a líder o GT de Comunicação e Educação na ALAIC. Estes docentes mexicanos decidiram criar o grupo de estudos, há dois anos, para manter um espaço de discussão interna sobre o tema da Comunicação & Educação, levando em conta o desinteresse do sistema universitário em levar esta área em conta nos programas de pesquisa e pós-graduação. Tal diagnóstico é confirmado por outra celebridade mexicana, o Prof. Guilhermo Orozco, de Guadalajara, para quem ainda é pequeno, em seu país, o número de interessados no campo. 


Pesquisadores que participaram do debate no dia 23 de outubro.
O evento  contou com a coordenação do Grupo de Estudios en Comunicación Educativa (GECE), presidido pela Profa Delia Crovi, à esquerda do Prof. Ismar (Foto de Consuelo Lemus)

Escola de Notícias é finalista do Prêmio Empreendedor Social 2013. Saiba como votar

Grupo do Escola de Notícias. Crédito: institutoasas.org.br

O Instituto Escola de Notícias, representado pelo jornalista e educomuncador Tony Marlon, é um dos finalistas do Prêmio Empreendedor Social 2013. Os interessados em que o escolhido seja o Tony Marlon poderão votar até dia 21/11. O Instituto Escola de Notícias trabalha com jovens, desenvolvendo oficinas de comunicação que valorizam histórias de vidas, transforma, dá voz e trabalho a jovens da periferia da zona sul de São Paulo.

Realizado no Brasil pela Fundação Schwab, em parceria exclusiva com a Folha de S.Paulo, o concurso acontece em 61 países onde a fundação suíça atua e ganhou fama pelo elevado rigor da seleção. Sua proposta é valorizar líderes sociais (leia resumos dos finalistas abaixo) que atuam há pelo menos três anos, de maneira inovadora, sustentável e com impacto na sociedade e em políticas públicas, em áreas como agricultura, ambiente, cultura, desenvolvimento de negócios, educação, habitação e saúde. A Fundação Schwab é a correalizadora do Fórum Econômico Mundial de Davos.

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Documentário sobre o V Encontro está disponível no site da Fundhas

Os Jovens educomunicadores da Fundhas que estiveram em São Paulo, nos dias 20 e 21 de setembro, assistidos pelo professor Flávio Messias, realizando a cobertura do V Encontro Brasileiro de Educomunicação, promovido, no espaço da FAPCOM, pelo NCE/USP, Licenciatura em Educomunicação da ECA e pela ABPEdcucom, apresentam, agora, o resultado final de seu trabalho. 

Trata-se de uma matéria especial, de oito minutos, que dá uma visão panorâmica do que vem acontecendo, no Brasil, no que diz respeito às experiências educomunicativas. 

Entre os entrevistados encontram-se a jornalista Lúcia Araújo, do Canal Futura; Cíntia Boll, do MEC; Andressa Teresa Ruiz; Diego Pires Rodrigues; Ana Carolina Costa Silva; Helena Saria Müller e Ismar de Oliveira Soares. 

Confira o resultado deste trabalho no blog Educom.Fundhas!


terça-feira, 22 de outubro de 2013

Sócia da ABPEducom realiza oficina sobre Educomunicação e linguagem da criança

Oficina leva os participantes a darem sua opinião sobre processos comunicativos

Inspiração: imagem e criança foi o tema da oficina ministrada no dia 17 de outubro aos educadores do Programa IDEAL da Liga Solidária que atende a crianças e adolescentes de 6 a 15 anos, beneficiando mais de 3200 pessoas em nove Centros de Educação Infantil (CEIs), oito programas socioeducativos e três abrigos da cidade de São Paulo.

Idealizada pela educomunicadora Karin Patricia da Silva, que também é sócia da ABPEducom, e pela educadora Luciana Guerreiro Lichy, a oficina se realizou num “clima de grande inspiração, participação e acolhimento,” garante a educomunicadora.

Por meio de uma conversa sobre a linguagem da criança e sua brincadeira, o grupo interagiu e assistiu a um vídeo, concebido por uma escola de São Paulo. Refletiu sobre Educação e Comunicação, bem como sobre a interface da Educomunicação ao tratar do registro fotográfico e fílmico.  

Dessa perspectiva brotaram questionamentos: “Porque um vídeo curto?”; “Eu quando vi essa imagem, recordei da minha infância!”; “A criança, com tão pouco, se diverte!”; “Ousadia e criatividade!”; “Simplicidade! Não precisa de muito para a criança brincar, se divertir e ser feliz!”.

Karin registra que um dos principais aspectos dos principais abordados foi sobre a Educação “que compreende o protagonismo da criança e a relação visual do produtor da imagem, capaz de despertar um diálogo potente com o espectador”.


Para as ministrantes, o tom educomunicativo que cultiva relações interpessoais e a expressão estética, marcou o encontro que foi finalizado com a música Anjo da Guarda Noturno, de Maria Gadú: “Meu anjo da guarda noturno, você é quem sabe de tudo. E quando eu peço proteção, não é pra fugir do ladrão, nem pra me esconder na igreja. Só quero que Deus nos proteja, das dores do coração!”

sábado, 19 de outubro de 2013

Dia C mobiliza juventude educomunicadora

Jovens de rádios escolares de Horizonte-CE com a sócia da ABPEducom, Carol Costa

"O DIA C arrasando em todo o País" festejava a Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Comunicadores (Renajoc) em sua página no Facebook. O Dia C (Manual do Dia Cé uma ação que acontece anualmente no dia 17 de outubro durante a Semana de Democratização da Mídia para que a sociedade solte "a voz como sempre quis e mostre que seu grito pode ecoar aos quatro cantos do universo," anunciava o site da Rede.

Antes, durante e após o evento, muitos dos jovens e adolescentes que trabalham com Educomunicação compartilharam suas experiências e se mobilizaram em vista de um Brasil mais democrático também em relação à Mídia.


Ultrapassando as cidades em que a Viração Educomunicação marca presença com a Renajoc, "o Dia C - Dia da Juventude Comunicativa mobilizou o Brasil inteiro e o Ceará não podia ficar de fora," enfatizou Carol Costa que é sócia da ABPEducom. Em sua cidade, as turmas da Juventude na Comunicação com as Radioescolas de Horizonte-CE e do Dragão Web Informativo trocaram experiências, aprenderam e ensinaram técnicas de vídeo e rádio, além de discutirem o direito à comunicação. 


Movimentação da Renajoc pelo Brasil

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Jovens da Viração cobram urgência na erradicação do trabalho infantil

Ex-presidente Lula com os jovens da Viração, em Brasília-DF

Durante a 3ª Conferência Global sobre Trabalho Infantil, realizada em Brasília, entre 8 e 10 de outubro, as delegações dos 150 países ali representados presenciaram uma participação diferenciada. Era um grupo de adolescentes brasileiros, de diferentes regiões do País, vinculados à ONG Viração, associada à ABPEducom, que estavam mobilizados para acompanhar as plenárias, contribuir nas discussões a partir de suas experiências locais e a de transmitir os acontecimentos desse encontro por meio de vídeo, texto e podcast.

A Conferência teve o objetivo de discutir os avanços no combate à exploração de mão de obra de crianças e adolescentes e de ser um momento para os países presentes reafirmarem o compromisso de erradicar, até 2016, as piores formas de trabalho envolvendo esse público.

Para a participação desses adolescentes, que tinham entre 15 e 17 anos, os fóruns regionais de erradicação do trabalho infantil e o Conanda (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente) indicaram jovens que já possuíam algum tipo de envolvimento e atuação nas ações contra o trabalho infantil em suas localidades. No dia anterior à Conferência, eles participaram de uma oficina de sensibilização ao tema e práticas de produção de conteúdo midiático, processo conhecido como educomunicação – metodologia pedagógica que utiliza recursos de comunicação na aprendizagem e valoriza o repertório do participante.

As atividades tiveram a facilitação dos ministérios do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), do Trabalho e das Relações Exteriores, da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e ONG Viração.

No último dia da Conferência, 10 de outubro, com a presença do ex-presidente Lula; do diretor-geral da OIT, Guy Ryder; e dos ministros Tereza Campelo, Manoel Dias, e Luiz Alberto Figueiredo, os adolescentes apresentaram suas produções em mídia e leram a Declaração dos Adolescentes, documento produzido por eles e que, entre outros pontos, apresentou a necessidade dos governos facilitarem a participação de crianças e adolescentes nos espaços de tomadas de decisão política.

No site Agência Jovem de Notícias, é possível conferir o material produzido pelos jovens.

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Decisão do MEC de aderir ao livro digital abre espaço de trabalho para educomunicador

De acordo com informações do portal Exame.com, um novo espaço de prática profissional na inteface comunicação/tecnologias da comunicação/educação se abre com a decisão do MEC em dar acesso, a uma significativa parcela de alunos brasileiros, ao livro digital até 2015.

Segundo o portal, o edital para os livros a serem distribuídas em 2015 pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) inclui a inscrição de obras multimídia, que reúnam livro impresso e digital. Os novos suportes deverão ter vídeos, áudios, animações, infográficos, mapas interativos, páginas da web e outros objetos que complementarão as informações contidas nos textos escritos. 

O MEC foi motivado a avançar em direção ao livro digital depois das conclusões de um estudo do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), de 2007, que havia concluído que as escolas com acesso à internet apresentavam maior eficiência, que se refletia no desempenho dos estudantes. 

Até o presente momento, o MEC já distribuiu 382.317 tablets. A meta é chegar a 600 mil até o final deste ano. Na primeira etapa, os equipamentos foram destinados a professores de escolas de ensino médio. Apenas o Amapá e o Maranhão não aderiram ao programa. Estão previstos conteúdos de domínio público, outros disponibilizados pelo MEC e pela Khan Academy. Por ano, o ministério investe cerca de R$ 1 bilhão pelo PNLD. 

Ainda quanto aos conteúdos, o coordenador da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Daniel Cara defende um modelo já adotado nos Estados Unidos, o chamado Recursos Educacionais Abertos (REA), por meio do qual o governo compra os direitos autorais das obras. Isso permitiria que os professores tivessem acesso facilitado não apenas a uma obra por disciplina (como ocorre pelo PNLD), mas a todas as disponibilizadas pelo MEC. "O professor pode usar 20, 30 obras, variando em cada aula como achar melhor". O REA consta no Projeto de Lei 1513/2011, em tramitação na Câmara dos Deputados. A Abrelivros adianta que caso o modelo passe a vigorar, deverá ser cobrado um valor adequado à disponibilização do conteúdo. Com informações da Agência Brasil. 


De acordo com o Presidente da ABPEducom, Ismar Soares, a decisão do MEC de aderir ao livro digital abre espaço de trabalho para o educomunicador, levando-se em conta que o tema dos suportes midiáticos para a educação já vem sendo contemplado em cursos voltados à formação do novo profissional, como ocorre na Licenciatura em Educomunicação da ECA/USP.

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Presidente da ABPEducom participa do Clique Ligue da TVT

Comemorar o dia dos Professores com um debate sobre Educomunicação é motivo de alegria para os educomunicadores, destaca o presidente da ABPEducom - Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação, Ismar de Oliveira Soares. O debate conta com a participação da ABPEducom, da Licenciatura em Educomunicação, da Viração e do Programa Nas Ondas do Rádio e será exibido pelo canal 13 da Net (Net Cidades) e pelo internet (http://www.tvt.org.br/clique-e-ligue) às 16 horas (horário de Brasília) do dia 15 de outubro de 2013.

Além de Soares, a ABPEducom se fará presente pela participação da secretária de finanças,  Lilian Romão que é também da Viração Educomunicação. Do Departamento de Comunicação e Artes (CCA-ECA-USP) participa a professora Roseli Fígaro e do Programa Nas Ondas do Rádio (SME-SP) participa o professor Carlos Lima.

Ismar, recém aposentado de suas funções como professor titular da ECA-USP, continua coordenando o Núcleo de Comunicação e Educação (NCE-USP) que agrega pesquisadores e educomunicadores.

 ,

O programa semanal Ao vivo Clique Ligue é voltado às novas tecnologias de comunicação e à inclusão digital da população brasileira. A videoteca do programa traz vídeos e temáticas interessantes em programas anteriores.

domingo, 13 de outubro de 2013

ABPeducom realiza Assembleia Geral durante V Encontro de Educomunicação

Por Evelin Haslinger, do Virajovem de Porto Alegre – RS 


O cansaço de um dia de atividades no V Encontro de Educomunicação não desmotivou a participação de um grande número de associados à ABPeducom na assembleia geral extraordinária, realizada na noite da sexta-feira, 20. Pelo contrário, as trocas e aprendizagens de um dia de palestras, oficinas e painéis motivou profissionais e pesquisadores dae educomunicação que, com alegria e envolvimento, contribuíram para diálogos e votações importantes para o futuro da Associação. 

Entre as pautas, a aprovação da criação de Polos Regionais e a criação de um grupo de trabalho que acompanhará esse processo, apresentando uma proposta de como os polos podem operar, respeitando as diferenças regionais. 

Entre outros encaminhamentos, a presidência da ABPeducom indicou a jornalista Lilian Romão, diretora executiva da Ong Viração, para assumir o cargo de secretária financeira da Associação, função desempenhada até o momento pela jornalista Cristina Uchôa, que solicitou desligamento do cargo por questões pessoais. A professora Antônia assumiu, também por indicação da presidência, os trabalhos de comunicação, substituindo a jornalista Cristiane Parente, que se mudará do Brasil para desenvolver pesquisas acadêmicas. A próxima assembleia da ABPeducom acontecerá em abril do próximo ano.

Fonte: Agência Jovem de Notícias

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Panorama da Comunicação inclui capítulo sobre educomunicação

Educomunicação: as múltiplas tradições de um campo emergente de intervenção social na Europa, Estados Unidos e América Latina é o artigo de autoria de Ismar de Oliveira Soares, presidente da ABPEducom que faz parte da obra Panorama da Comunicação e das Telecomunicações no Brasil 2012/2013.

Lançada no dia 16 de setembro pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e Federação Brasileira das Associações Científicas e Acadêmicas de Comunicação (Socicom), a obra é composta por quatro volumes e foi organizada pelo professor José Marques de Melo – ex-diretor da Escola de Comunicação e Artes da USP, presidente do Conselho Deliberativo da Socicom e por João Cláudio Garcia, assessor-chefe de Imprensa e Comunicação do Ipea. 

Os dois primeiros volumes (vol. 1 e vol. 2) abordam temas como mercado consumidor de bens simbólicos e produtos culturais, formação e cognição, regulação e controle, cooperação e intercâmbio, mercado de trabalho, sistemas de produção e circulação dos bens simbólicos e conteúdos culturais e comunicação pública. 

O volume 3 retrata a atuação da sociedade científica do campo comunicacional junto a instituições nacionais e estrangeiras. O último volume resgata a memória dos estudos de comunicação no país e é neste compêndio que se encontra o artigo de Soares.

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Presidente da ABPEducom debate a Educomunicação na América Latina e no interior do Brasil

Após sua aposentadoria como professor titular da USP, no dia 21 de setembro, data do encerramento do exitoso V Encontro Brasileiro de Educomunicação, o Prof. Ismar Soares, presidente da APBEducom – Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais da Educomunicação, decidiu celebrar seus 70 anos (Jubileu de Platina) com um a série de palestras e entrevistas, pela América Latina e pelo interior do Brasil. No roteiro, uma viagem ao México, para discutir a epistemologia da educomunicação com pesquisadores latinoamericanos e o retorno a São José dos Campos, SP, para participar do 9º Encontro de Jovens Educomunicadores da FUNDHAS.

01 a 06 de outubro
Palestra sobre Educomunicação no Congresso Internacional da ICOM-  International Christian Organisation of the Media, na Cidade do Panamá.

O painel contou também com a presença da Profa. Dilma de Melo Silva, que falou sobre o tratamento educomunicativo de suportes para debater as questões relacionadas à educação para o entendimento da cultura afro-brasileira.

Sequência das atividades:

Gazeta do Povo, de Curitiba: Educomunicação gera encontros e debates

Arquivo Ler e PensarArquivo Ler e Pensar
Veja artigo da jornalista Patrícia Melo. Patrícia é também empreendedora, com a Presença – Comunicação Educacional, que tem como objetivo a produção de textos, entrevistas, reportagens e projetos comunicacionais direcionados especialmente ao universo educacional.

Em sua coluna mensal no blog Educação e Mídia do Instituto GRPCOM (PR), publicada na Gazeta do Povo, de Curitiba. A articulista escreve sobre o V Encontro Brasileiro de Educomunicação a partir de sua participação no mesmo, em São Paulo, de 19 a 21 de setembro de 2013.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui! 

domingo, 6 de outubro de 2013

Fernando José Almeida: a aula é o momento mágico do professor


De acordo com o professor Fernando José Almeida da Secretaria de Educação de São Paulo, "a aula é o momento mágico do professor!" Seu pronunciamento se deu durante o V Encontro Brasileiro de Educomunicação que se realizou entre 19 e 21 de setembro de 2013, em São Paulo. 

Fernando Almeida participou da mesa redonda Educomunicação nas políticas públicas de Educação, falando sobre as tecnologias da informação e as práticas de educação na rede municipal de ensino de São Paulo. Do mesmo debate, participaram o representante da Unesco, Adauto Cândido Soares, a representante da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação (SEB-MEC).

Para conferir, vale a pena assistir ao vídeo postado no Youtube por Paredes Brancas. O vídeo faz parte da cobertura educomunicativa dos alunos da Especialização em Educomunicação da ECA-USP, Ale GarciaCleide FayadÉrika Caetano e Suéller Costa. Os alunos fizeram outras entrevistas, principalmente, da cobertura desta mesa no blog paREDES.BRancas.

sábado, 5 de outubro de 2013

Livro aborda educomunicação, redes sociais e interatividade



A jornalista Cristiane Parente, sócia fundadora da ABPEducom, é coautora do livro Educomunicação, Redes Sociais e Interatividade, juntamente com Cecília Pavani e Fabiano Ormazeze. Editado pela Editora Leitura Crítica, o livro reúne comunicações apresentadas no 6º Seminário Nacional O Professor e a Leitura do jornal, realizado em julho de 2012, na Faculdade de Educação da Unicamp.

Centro de Referências em Educação Integral destaca a importância da educomunicação para a aprendizagem


O Centro de Referências em Educação Integral - iniciativa de organizações governamentais e não governamentais de diversas regiões brasileiras, entre elas o Ministério da Educação (MEC) - divulgou na sua plataforma virtual uma matéria especial sobre como a educomunicação é uma importante estratégia para melhorar a aprendizagem dos estudantes.

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

O rádio completa 90 anos no Brasil. Há motivos para comemorar?


_dezanosO rádio complemeta 90 anos no Brasil. Há motivos para comemorar? Este é o artigo de Arthur William do coletivo Intervozes que comenta os 90 anos da instalação do rádio como veículo massivo de comunicação. 

Segundo o jornalista, o rádio nasceu comunitário e foi possível graças à atuação de pessoas ligadas à Academia Brasileira de Ciências, como Henrique Morize e Edgar Roquette-Pinto,que se reuniram para criar uma emissora com finalidades educativas e culturais. 

Jornais escolares disponíveis para consulta

A ONG Comunicação e Cultura, uma das instituições que compõem a Rede CEP - Rede Cidadania, Educação e Participação - apresenta mais de seis mil edições de jornais escolares produzidos em todo o país que estão disponíveis para download no Portal do Jornal Escolar.

Dentre as atividades, a instituição assessora escolas como um dos facilitadores dos projetos envolvendo os jornais escolares no Programa Mais Educação.

Livro ajuda a compreender o que é Mídiaeducação

Texto de Lenice Cauduro, intitulado “Pesquisa em Mídia-Educação no contexto escolar”, publicado como o primeiro capítulo do livro digital Mídia e Educação: novos olhares para a aprendizagem sem fronteiras (Editora Pimenta Cultural) ajuda a compreender o significado da expressão, que tem vínculos com a "Media Education", de tradição européia, e a "Media Literacy" forjada na tradição norte-americana. 

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Artigos do professor Ismar de Oliveira Soares

Nesta página, constam os artigos do professor Ismar de Oliveira Soares, atual presidente da ABPEducom.

Ismar de Oliveira SOARES. Educomunicação: as múltiplas tradições de um campo emergente de intervenção social na Europa, Estados Unidos e América Latina. In LIMA, João Claudio G. & MARQUES DE MELO, José (Orgs). Panorama da Comunicação e das Telecomunicações no Brasil, 2012-2013, Memória, Brasília, IPEA, vol. 4, pg. 169-202. [Para mais informações sobre os outros volumes, acesse: vol. 1, vol. 2, vol. 3]

Pais, filhos e Internet: a pesquisa TIC KIDS ONLINE BRASIL 2012 na perspectiva da Educomunicação - por Ismar de Oliveira Soares e Claudemir Edson Viana (TIC Kids Online Brasil 2012 [livro eletrônico]: pesquisa sobre o uso da Internet por crianças e adolescentes = ICT Kids Online Brazil 2012: survey on Internet use by children in Brazil / [coordenação executiva e editorial/executive and editorial coordination Alexandre F. Barbosa]. – São Paulo: Comitê Gestor da Internet no Brasil, 2013. 1,8 Mb; PDF.)

Meio Ambiente: gestão pública e educomunicação. Comunicacao e Educacao (USP), v. XVII, p. 133-137, 2012. 

Pesquisa-ensino: a comunicação escolar na formação do professor', in Comunicação & Educação. Comunicacao e Educacao (USP), v. XVII, p. 121-126, 2012.

A Licenciatura em Educomunicação e as novas diretrizes para o Ensino Fundamental. Comunicacao e Educacao (USP), v. 1, p. 7-15, 2011.

Educommunication in distance education: e-mentor communication processes for dialogue development. - Por Ismar de Oliveira Soares e Luci Ferraz Mello. In: McLuhan Galaxy Conference: Understanding Media, Today, 2011, Barcelona. McLuhan Galaxy Conference: Understanding Media, Today. Barcelona: Editorial Universidad Oberta de Catalunya, 2011. v. 1. p. 252-263.

Educomunicação e terceiro entorno: diálogos com Galimberti, Echeverría e Martín-Barbero. Comunicacao e Educacao (USP), v. 3, p. 57-66, 2010.

Caminos de la educomunicación: utopías, confrontaciones, reconocimientos. Nómadas (Santafé de Bogotá), v. 30, p. 194-207, 2009. 

El derecho a la pantalla: de la educación a los medios a la educomunicación en Brasil. Comunicar (Huelva), v. 15, p. 87-92, 2008. 

The right to the secreen: from media education to educommunication in Brazil. Comunicar (Huelva), v. 31, p. 77-82, 2008.

Quando o Educador do Ano é um educomunicador: o papel da USP na legitimação do conceito. Comunicação & Educação, v. 3, p. 39-52, 2008. 

A ECA/USP e a Educomunicação: a consolidação de um conceito, em dezoito anos de trabalho. Comunicação & Educação, v. 2, p. 7-12, 2007. 

A mediação tecnológica nos espaços educativos: uma perspectiva educomunicativa". Comunicação & Educação, v. 2, p. 39-52, 2007. 

Rádio na escola: a palavra viva. Carta capital, São Paulo, n.9, p. 44-46, 2006.
NCE - A Trajetória de um Núcleo de Pesquisa da USP. Revista Comunicação & 
Educação, São Paulo, v. X, n.1, p. 111-114, 2005. 15. 

Tv de qualidade, a revolução virá com as crianças e os jovens. Presente Revista de Educação, Salvador, v. 1, p. 45-47, 2005.

Educommunication: concept and aim. Ucip Media Challenges Amidst Cultural And Religious Pluralism, Genebra, v. 1, p. 113-116, 2005.

Celebrando 50 anos de Comunicação sob a Liderança da CNBB. Presença Pública da Igreja no Brasil, Ed. Paulinas - São Paulo - SP, p. 481-496, 2003.

Educação à distância como prática educomunicativa: emoção e envolvimento na formação continuada de professores da rede pública. Revista USP, São Paulo, v. 55, n.set/nov, p. 56-69, 2002.

Gestão Comunicativa e Educação: caminhos da educomunicação. Comunicação & Educação, São Paulo - SP, v. 23, n.jan/abr, p. 16-25, 2002.

Segunda Fase do educom.rádio tem início com 39 escolas. Boletim Informativo do Nce, São Paulo - SP, v. 5, p. 1, 2002. 

Educom.rádio: o que fazer depois do curso?. Boletim Informativo do Nce, São Paulo - SP, v. 6, p. 1-1, 2002. 

Educomunicación: un concepto y una práctica de red y relaciones. Redes Gestión y Cidadania, Quito -Equador, p. 37-52, 2001. 

Educommunication, the emerging new field. Telemedium, Estados Unidos, v. 46, n.1, p. 5, 2000. 24.

Educomunicação, um campo de mediações. Comunicação & Educação, São Paulo, v. VII, n.19, p. 12-24, 2000. 

Educomunicación: comunicación y Tecnologias de la Información en la Reforma de la Ensenanza Americana. Dialogos de La Comunicación, Lima - Peru, n.59/60, p. 137-152, 2000. 

Educomunicação, as perspectivas de reconhecimento de um novo campo de intervenção social: o caso dos Estados Unidos. Eccos Revista Científica do Centro Universitário Nove de Julho, São Paulo, v. 2, n.2, p. 61-80, 2000. 

Comunicação/Educação, a emergência de um novo campo e o perfil de seus profissionais. Revista Brasileira de Comunicação Artes e Educação, Brasília - DF, v. 1, n.2, p. 5-75, 1999. 

A Comunicação/Educação como novo campo do conhecimento e o perfil de seu profissional. Nexus, São Paulo, v. AnoIII, n.5, p. 07-28, 1999. 

La Educomunicación como deafio para nuestras organizaciones. Arandú, Quito - Equador, v. ano10, n.14, p. 12-13, 1999. 

A Comunicação no espaço educativo:possibilidades e limites de um novo campo profissional. Perspectiva (Erexim), v. Ano13, n.24, p. 11-22, 1994.

A Nova LDB e a comunicação: perspectivas profissionais para o terceiro milênio. Universidade, São Paulo, v. 1, n.1, p. 46-48, 1994.

A Era da Informação: tecnologias da comunicação criam novas relações culturais e desafiam antigos e novos educadores. Tecnologia Educacional, Rio de Janeiro, v. 22, n.113/114, p. 11-19, 1993.

O Bacharelado em Gestão de Processos Comunicacionais. Tecnologia Educacional, Rio de janeiro, v. 22, n.113/114, p. 42-48, 1993.

Nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Tecnologia Educacional, Rio de Janeiro, v. 67, n.XVI, 1992.

Teoria y práctica de la comunicación: incidencia sobre los proyetos de educación para los medios en America Latina. Ceneca Unicef, Santiago - Chile, 1992.

A Comunicação Social no Currículo de 1º e 2º graus. Idéias, São Paulo, n.9, 1990.

Las nuevas demandas de la juventud y las facultades de Comunicación Social. Dia Logos, Lima - Peru, v. 25, 1989.

Feiras de Comunicação integram professores e alunos na busca de uma educação democrática. Revista de Educação. AEC, Brasília - DF, v. 69, n.17, 1988.

Educar com, apesar e para a comunicação. Revista de Educação. AEC, Brasília, v. 68, n.17, 1988.



Perfil do Professor Ismar na Internet




LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...