segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Planetapontocom forma primeira equipe de jovens Monitores de Mídia


No dia 21 de novembro, quinze alunos do primeiro ano do Colégio Estadual José Leite Lopes – Núcleo Avançado em Educação (Nave), do Rio de Janeiro, concluíram o Curso de Formação em Monitores de Mídia, promovido pelo Departamento de Mídiaeducação da instituição, idealizado e gerenciado pela OSCIP planetapontocom, entidade associada à ABPEducom. A partir do próximo ano os alunos vão atuar diretamente na comunicação da escola, auxiliando os professores, propondo e experimentando formas inovadoras de ensino e aprendizagem. 


“Trabalhamos de junho a novembro, em encontros semanais. O curso foi bem instigante e teve como proposta discutir o lugar, a importância e o poder dos meios de comunicação no nosso dia a dia e, em especial, no contexto da inovação escolar. Por outro lado também, cada estudante foi capacitado no uso dos equipamentos – câmeras, microfones, softwares de edição – do Departamento de Midiaeducação do Nave, com a proposta de que eles, a partir de agora, também poderão auxiliar os professores nas suas práticas e projetos”, explica Roberta Fernandes, coordenadora do Departamento de Mídiaeducação. 

Segundo Roberta, durante os seis meses de encontros, os estudantes também colocaram a mão na massa: entrevistaram professores para mapear os projetos integrados, produziram um manual de bom uso dos equipamentos, que será distribuído aos novos e antigos estudantes do colégio, e propuseram intervenções no espaço escolar para chamar a atenção dos colegas quanto ao uso inadequado destes equipamentos. “Foi interessante observar que à medida que discutíamos as questões sobre midiaeducação, o grupo começou a propor ações, que foram muito bem vindas”, destaca. 

Ao longo do curso, os monitores leram o livro Por meio dos Meios, uma publicação do planetapontocom que, ao resgatar a história dos meios de comunicação, instiga o leitor a refletir sobre o papel da escola, que, no mundo contemporâneo, precisa repensar suas práticas para formar cidadãos autônomos e com competências para avaliar, criticar e produzir de forma criativa, ética, solidária, sustentável e responsável. 

“Foi um diálogo rico que produziu bons efeitos. Engana-se quem acha que esta geração está alienada dos principais temas e polêmicas do dia a dia. Faltam, sim, espaços para que ela possa se expressar, ouvir, dialogar e trocar experiências, visões e expectativas. Promovemos esse espaço”, ressalta Roberta. 

Na entrega do certificado de conclusão do curso, que contou com a presença da diretora da escola, Ana Paula Bessa e da presidente do planetapontocom, Silvana Gontijo, foi pedido que cada um dos quinze alunos escolhesse um nome de guerra que resumisse o legado do curso e a força de cada integrante. Regina Estella não titubeou: “Regina Esperança”, confiante que o ano de 2014 será de grandes conquistas. Também estiveram presentes na cerimônia a gerente do planeta, Virginia Barbosa e os professores Winston Sacramento e Tiago Dardeau. 
O ex-aluno da escola Jonathan Caroba, hoje integrante do Departamento de Mídia e Educação da instituição, também participou. 

Fonte: http://www.revistapontocom.org.br/destaques/monitores-de-midia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...