sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Justiça disponibiliza cadernos sobre classificação indicativa

Tendo como pano de fundo a Classificação Indicativa, acabam de ser produzidos, pelo Ministério da Justiça, cinco cadernos, cada um abordando um eixo temático. São eles:
• Liberdade de Expressão e os Direitos de Crianças e Adolescentes;
• A Experiência da Classificação Indicativa no Brasil;
• Classificação Indicativa e Novas Mídias;
• Perspectivas e Desafios da Classificação Indicativa e
• Educação para a Mídia. 

Recomenda-se aos educomunicadores a consulta a todos os Cadernos:


domingo, 21 de dezembro de 2014

Informativo ABPEducom 5: Seminário, Assembleia, Colóquio, Diretoria...

Mais um Informativo ABPEducom - agora, o número cinco (5) com informações sobre a Assembleia da Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação (ABPEducom) que aconteceu durante o Seminário Anhembi Morumbi Comunicação e Educação (outubro), I Colóquio Mato-grossense de Educomunicação (novembro) e muitas outras ações educomunicativas que aconteceram entre setembro e dezembro de 2014.
 

sábado, 20 de dezembro de 2014

Comunicado mensal: associados de setembro a dezembro

WEB TV da UNEB de Juazeiro entrevista Presidente da ABPEducom


O programa "O Que É Que Tá Rolando" da WEB TV da Universidade Estadual de Juazeiro entrevistou o Presidente da ABPEducom durante sua recente visita a Juazeiro, BA. O professor Ismar conversou com Juliana Magalhães, graduanda em Comunicação Social - Jornalismo em Multimeios, sobre a sua carreira, a Educomunicação e a importância desse novo campo de pesquisa para a sociedade.

A presença do NCE em Mato Grosso: do Educomrádio.Centro-Oeste à Rádio Escola

Em destaque, Caio Higor e Jeferson Boldrini,
coautores do artigo sobre a Rádio Mania de Alta Floresa
Um dos paineis do Seminário de Educação (SemiEdu – 2014), com o tema “Educação e seus modos de ler-escrever em meio à vida”, ocorrido no campus da UFMT, entre os dias 23 a 26 de novembro, em Cuiabá, acolheu o trabalho acadêmico intitulado “Rádio Mania: um projeto de rádio escola em Alta Floresta”, abordando o desenvolvimento da prática educomunicativa na Escola Estadual Jayme Veríssimo de Campos Júnior, de Alta Floresta, no norte do estado do Mato Grosso.

O trabalho foi apresentado por Jefferson Boldrini, Caio Higor Alvarenga e Eduardo Medeiros, todos vinculados à Universidade do Estado do Mato Grosso (Unemat). O painel foi coordenada pelo professor Ismar de Oliveira Soares, Presidente da ABPEducom.

IBERCOM 2015 terá Educomunicação como divisão temática

O XIV Congresso Internacional da IBERCOM 2015, a realizar-se na ECA/USP, entre 29 de março e 2 de abril de 2015, terá grupo de Educomunicação. Serão aceitos trabalhos de autoria de professores e estudantes de pós-graduação.

O interessado deve encaminhar um resumo expandido entre 1,5 mil a 2 mil caracteres (incluindo espaços), indicando a Divisão Temática. Os resumos serão recebidos de 15.11.2014 a 15.01.2015 somente através da página do Congresso. O resultado da seleção dos trabalhos aceitos será divulgado no dia 02.02.2015 na página do Congresso.

Os trabalhos inscritos deverão ser encaminhados para uma das Divisões Temáticas listadas abaixo:

Ministério da Justiça e UNESCO pesquisam opinião dos pais sobre Classificação Indicativa

Num trabalho conjunto entre o Ministério da Justiça e a Unesco, acaba de ser divulgado o resultado de uma pesquisa sobre o comportamento de crianças, adolescentes e pais em relação ao uso dos meios de comunicação. Foram entrevistadas três mil pessoas. Destas, 98% consideram que a programação dos meios audiovisuais deve ter algum tipo de controle.

Para 85% dos entrevistados, as regras de “classificação indicativa” na TV aberta devem permanecer como se encontra hoje, obedecendo a faixa de horária recomendada para cada idade. Um total de 91% dos respondentes diz que além dos símbolos que são mostrados para informar a classificação indicativa, deveria existir um apresentador que fale expressamente sobre a recomendação que precede a exibição do programa televisivo.

Segundo a pesquisa, a televisão é usada por 67% das crianças e adolescentes do Brasil e 50% de deles se acostumaram a ver a programação no período noturno. As mães são as responsáveis mais presentes nos horários em que os filhos assistem TV. De acordo com elas, entre os critérios a serem adotados para definir a qualidade da programação devem figurar: seu caráter educativo (95%), ser divertido (83%), incentivar o desenvolvimento pessoal e afetivo (83%) passar informações sobre o mundo e a sociedade (81%).

Um resumo da pesquisa foi divulgado pela Newletter de SIGNIS.

Adolescente do Educom.rádio chega à Pós-Graduação, na ECA-USP

Dodô Calixto (em destaque à direita)
relembra sua história no educom.rádio
Durante a Aula Ômega (última do ano), os alunos da Licenciatura em Educomunicação receberam, no dia 16 de dezembro, a visita de Douglas Calixto, jovem de 25 anos. Em sua adolescência, participou do Educom.rádio, programa que levou a prática educomunicativa para as escolas da prefeitura de São Paulo entre 2001 e 2004.

Recém aprovado no programa de mestrado em Ciências da Comunicação, Douglas relatou sua história: “Não sei se a ECA-USP ou a Prefeitura de SP tinham noção da dimensão do Educom.rádio. Nós jovens da periferia de SP estávamos acostumados a ser silenciados. Economicamente silenciados. Socialmente silenciados. Culturalmente silenciados... A oportunidade de se expressar, de poder opinar e "ter voz" na frente de todos foi sem dúvida muito marcante para mim. E lembro que foi marcante para todos. Lembro de lágrimas nos olhos de alguns colegas em algumas dinâmicas”.

domingo, 14 de dezembro de 2014

Cúpula de Lima: jovens latino-americanos manifestam-se pela redução das mudanças climáticas

Milhares de jovens chegaram a Lima para participar da Cúpula dos Povos sobre as mudanças climáticas, somando-se à grande Marcha Mundial em Defesa da Mãe Terra que ocorreu, no dia 10 de dezembro na capital do Peru. Fazem parte do Movimiento de jóvenes latinoamericanos y caribeños frente al cambio climático - www.cliclac.org

Até o momento, estão integrados jovens de 18 países da América Latina e Caribe, com participação majoritária de jovens indígenas de diferentes etnias e culturas, aos quais se somam universitários envolvidos com a mesma temática. A meta é chegar no início de 2015 a contar com representantes nas 34 nações da Região.
Tribunal para os Direitos da Natureza

 

Veja também informações produzidas pela Agência Jovem de Notícias, um projeto liderado pela ONG Viração Educomunicação, entidade associada à ABPEducom, presente na Cúpula de Lima com uma equipe multinacional de jovens. Numa destas notas, é apresentado o Tribunal Internacional para os Direitos da Natureza.

México sedia fórum internacional de Alfabetización Mediática e Informacional

Realizou-se na cidade do México, entre 10 e 12 de dezembro, o Foro Latinoamericano y del Caribe de Alfabetización Mediática e Informacional. O evento, promovido pela UNESCO, teve como objetivo impulsionar a reflexão e a geração de ações e de políticas públicas em torno ao tema da educação midiática nos países da América Latina e Caribe.
O mesmo contou com a organização local da Universidad Nacional Autónoma de México, através de TV UNAM, com o apoio do Sistema Público de Radiodifusión del Estado Mexicano. A Universidad Autónoma de Barcelona ofereceu suporte acadêmico.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

INTERVOZES recebe prêmio de Direitos Humanos

Na quarta-feira, 10 de dezembro, Dia Mundial de Defesa dos Direitos Humanos e aniversário da Declaração Universal, promulgada pela ONU em 1948, o Intervozes tomou posse como uma das nove entidades representantes da sociedade civil no Conselho Nacional de Direitos Humanos.

Criado pela Lei 12.986, de 2 de junho de 2014, o CNDH substitui o Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (CDDPH) – o mais antigo colegiado do país, criado em 1964. O CNDH terá 22 membros. Destes, onze serão da sociedade civil – os nove representantes eleitos em 16 de setembro, um representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e um representante do Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais do Ministério Público dos estados e da União.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Sócio da ABPEducom é mediador na campanha de prevenção sobre consumo de álcool na adolescência

adesivo_campanha_alcoolismoMaurício Silva é educador-educomunicador da Viraçâo e também é associado da ABPEducom. Compartilha a atividade que está desenvolvendo como mediador junto a adolescentes e jovens em relação à campanha de conscientização e prevenção do uso de álcool por menores de 18 anos.

A matéria é da Agência Jovem de Notícias...

Galera da Vira promove campanha de prevenção sobre consumo de álcool na adolescência

sábado, 6 de dezembro de 2014

Medalha Nacional é outorgada, em Brasília, a propulsor da Educomunicação Sociambiental

O professor Marcos Sorrentino, um dos propulsores do conceito de Educomunicação Socioambiental, foi condecorado, no dia 4 novembro último, em Brasília, com a Medalha Defesa Civil Nacional, uma honraria dada pelo governo federal a personalidades que tenham prestado relevantes serviços ao País em assuntos de defesa civil.

Biólogo e pedagogo, o professor Sorrentino é docente do Departamento de Ciências Florestais da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), tendo atuado como coordenador do Departamento de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente ao tempo da ministra Marina Silva. Foi nessa condição que criou os Coletivos Educadores, incentivando membros da sociedade civil a reunirem-se em grupos civilmente constituídos para a defesa do meio ambiente local. Para operacionalizar os coletivos propôs a prática da Educomunicação Socioambiental, fazendo uso do conceito elaborado, na ECA/USP, pelo Núcleo de Comunicação e Educação (NCE).

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Jovem educomunicador de Guiné Bissau fala para estudantes da USP

 O jovem Ró Gilberto, de Guiné Bissau, é um dos alunos do Curso de Bacharelado em Humanidades (BHU) da UNILAB (Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, do Campus dos Malês, em São Francisco do Conde/BA.

Em seu país, distingiu-se como membro ativo da RCJJ - Rede de Crianças e Jovens Jornalistas da Guiné-Bissau. E foi nessa condição que esteve em São Paulo durante o mês de novembro para duas atividades: participar da abertura do VI Festival de Teatro de Heliópolis e dar uma palestra para os alunos do Curso de Extensão em Educomunicação, ministrado pelo Núcleo de Comunicação e Educação da Universidade de São Paulo (NCE-USP).

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Prova do ENEM coloca educomunicação na pauta de 8 milhões de estudantes brasileiros

Thaisa Santana com o professor Ismar
no Campus da Unemat em Alto Araguaia-MT
O último exame do ENEM, realizado em todo o Brasil, nos dias 8 e 9 de novembro, trouxe para a prova de redação “a publicidade infantil como uma questão, no Brasil”.

Os estudantes reagiram com surpresa, considerando que o assunto não havia sido considerado nos conteúdos curriculares das escolas brasileiras, nem mesmo aparecido nas pautas dos jornais e demais meios de informação. A mídia, por sua vez, repercutiu a sensação de estranheza dos candidatos a ingressar no ensino superior.

Uma estudante da cidade de Alto Araguaia, no sudeste do estado do Mato Grosso, foi igualmente pega de surpresa, não exatamente pelo tema, mas pelo fato de que a leitura de um livro sobre educomunicação a habilitou a responder a questão com tranquilidade e lucidez, permitindo sucesso no exame.

É o que se pode ser conferido, lendo o texto escrito por Thaísa Santana de Sousa, sobre sua reação à prova do ENEM. Leia o texto:

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Jovens brasileiros participam da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas em Lima

20 jovens brasileiros estarão na COP20 em Lima, Peru | Crédito: Divulgação
Uma delegação de 20 jovens brasileiros vai marcar presença na 20ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP20), que acontece de 1 a 12 de dezembro de 2014 em Lima, no Peru. Por meio de produção e divulgação de textos, fotos, vídeos, intervenções urbanas, eles vão participar da cobertura educomunicativa promovida pela Agência Jovem de Notícias, projeto encabeçado pela ONG Viração Educomunicação. Já a ONG liderada por jovens, Engajamundo, foca sua participação no trabalho de incidência política e advocacy, com o objetivo de influenciar o posicionamento do Brasil e resultados mais ambiciosos para a conferência.

sábado, 22 de novembro de 2014

Rede Brasileira Infância e Consumo lança site oficial

Imagem: Coletivo EntreLinhas
A Rede Brasileira Infância e Consumo (Rebrinc) lançou seu site oficial em 20 de novembro. A ideia é reunir, articular e mobilizar pais, mães, educadores e profissionais de diversas áreas na defesa dos direitos de crianças e adolescentes diante das relações com o consumo.

Criada em junho de 2013, é uma rede horizontal e colaborativa que reúne, virtual e presencialmente, aqueles que querem discutir a temática.

Para fazer parte da rede, basta "ter vontade de agir colaborativamente e coletivamente em defesa dos direitos das crianças e dos adolescentes diante das relações de consumo", motiva o site.

A notícia foi tema do texto de Marcus Tavares no site da revistapontocom. 

Núcleo Regional da ABPEducom será criado no I Colóquio Mato-grossense de Educomunicação

O Núcleo Regional da ABPEducom será criado no I Colóquio Mato-grossense de Educomunicação que se realiza nos dias 25 e 26 de novembro, em Cuiabá-MT, evento simultâneo ao SemiEdu 2014. Para a instituição do Núcleo é necessário seguir as diretrizes da Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação.

Já são dois os núcleos regionais da ABPEducom. O núcleo regional no Vale do Paraíba, em São Paulo, tem sede em São José dos Campos-SP. No Rio Grande do Sul. o Núcleo está responsável de organizar, junto com a ABPEducom, o VI Encontro Brasileiro de Educomunicação juntamente como o III EducomSul, que acontecerá de 10 a 12 de junho de 2015.

No último dia do Colóquio, os associados da ABPEducom em Mato Grosso, que precisam ser no mínimo cinco (5), fazem uma Ata de Formação do Núcleo Regional contendo a assinatura dos presentes. Posteriormente, a Ata será enviada à Diretoria da Associação juntamente com uma carta pedindo a autorização da formalização do Núcleo no Estado. O presidente da ABPEducom, prof. Dr. Ismar de Oliveira Soares, estará presente no ato.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Pesquisadores estudam impacto do Mais Educação nas políticas locais

O site EducaçãoIntegral.org.br divulga notícia sobre com o título "Pesquisadores estudam impacto do Mais Educação nas políticas locais", As discussões aconteceram durante o I Seminário Internacional de Educação Integral do TEIA, conforme é possível observar na republicação da matéria abaixo.
Durante o I Seminário Internacional de Educação Integral do TEIA – UFMGpesquisadores se reuniram para apresentar os impactos do Programa Mais Educação na educação integral e integrada. O estudo se originou de uma demanda da diretoria de currículos e educação integral da Secretaria de Educação Básica (SEB), do Ministério da Educação (MEC), e contou com a participação de pesquisadores do TEIA e das universidades federais do Paraná (UFPR), Rio de Janeiro (UNIRIO), Pernambuco (UFPE), Pará (UFPA) e Goiás (UFG).

segunda-feira, 17 de novembro de 2014



Oficinas gratuitas de rádio, vídeo e internet
na região sudeste.
Comunicação e cidadania em pauta
Capacitação do Radiotube no Rio de Janeiro terá como foco a prevenção de violência sexual contra crianças e adolescentes


Comunicadores/as e educadores/as de São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro têm oportunidade de compartilhar e aprender técnicas de comunicação e discutir a responsabilidade de comunicadores e de educadores comprometidos com os direitos humanos.

A capacitação Radiotube região Sudeste será realizada nos dias 9 e 10 de dezembro e terá como foco rádio, vídeo e internet. Oportunidade para discutir a teoria e experimentar a prática de produção. O encontro buscará mobilizar os produtores de conteúdo para a importância do combate à violência sexual contra crianças e adolescentes.

A capacitação, gratuita e com os custos cobertos pelo projeto, é uma iniciativa do Criar Brasil responsável pela primeira rede social exclusiva para a cidadania do país, o Radiotube (www.radiotube.org.br). Com o patrocínio do Programa Petrobras Socioambiental, o evento é aberto a radialistas, jornalistas, educadores, lideranças locais e ativistas dos direitos da criança e do adolescente dos estados da região Sudeste. O evento conta com a parceria da Faculdade Pinheiro Guimarães.
radiotube.org.br se consolidou em referência para comunicadores que, na prática, constituíram uma agência de notícias colaborativa, onde são compartilhadas produções de áudio, vídeo e texto abordando exclusivamente temas ligados à cidadania. Para a oficina, as despesas com transporte, hospedagem e alimentação são custeadas pelo projeto. As inscrições já estão abertas, mas as vagas são limitadas e a seleção dos interessados buscará garantir a diversidade de representações de instituições e cidades dos quatro estados da regiãoOs interessados devem enviar email para radiotube@criarbrasil.org.br


Texto: Ana Ribeiro  - Ong Criar Brasil


Oficina RADIOTUBE – Região Sudeste
Dias 9 e 10 de dezembro de 2014
Local: Rio de Janeiro/RJ
Informações: Criar Brasil: (21) 2508-5204 – Ana Ribeiro – Ian Fernandes

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Cooperação internacional e educomunicação: o caso de Guiné Bissau

Língua e identidade: fios que se entrelaçam mundo afora", escrito por Lilian Romão e publicado no site Plataforma do Letramento, do CENPEC, traz a experiência desenvolvida pela conselheira (CCD) da ABPEducom, Maria Rehder, durante sua estadia em Guiné Bissau, como funcionária das Nações Unidas.


Veja o texto da reportagem:

domingo, 9 de novembro de 2014

Documentários da Buriti Filmes dialogam sobre educação pública de qualidade

Os documentários Educação.Doc, dos cineastas Luiz Bolognesi e Laís Bodanzky, estão agora disponível online e gratuitamente no novo canal do You Tube da Buriti Filmes. A série conta com cinco episódios e dialoga diretamente com a voz da sociedade, que reivindica educação pública de qualidade no Brasil, e mostra que, para essa conquista se tornar realidade, é preciso também que as pessoas certas estejam envolvidas. A cada semana, um novo episódio será disponibilizado no canal da Buriti Filmes.

Quem comenta o fato é a revistapontocom, do Rio de Janeiro, em sua Newsletter de 8 de novembro de 2014.

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Brasileira será responsável pela comunicação das Salesianas em nível mundial

Maria Helena Moreira foi eleita para o cargo de conselheira para as Comunicações Sociais no Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (Salesianas), que tem sede em Roma, Itália. A salesiana brasileira é da Inspetoria com sede em Belo Horizonte-MG - no Brasil são nove sedes regionais - e acompanha as pesquisas do Núcleo de Comunicação e Educação (NCE-USP) desde a identificação do conceito de Educomunicação entre os anos de 1997-1999, cuja pesquisa fora coordenada pelo professor Ismar de Oliveira Soares. 

Em 2000, juntamente com a Equipe de Comunicação Social América, Maria Helena participou da elaboração da Proposta de Educomunicação para a Família Salesiana, que contou com a assessoria do professor Ismar.

Educomunicação é tema de seminário da Secretaria da Cultura de São Paulo

O Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, promove, no dia 19 de novembro, na capital paulista, o seminário “A Educomunicação como um Campo de Potencialidades para a Cultura”. A programação será desenvolvida no auditório da Secretaria, em São Paulo, localizado na Rua Mauá, nº 51, 1º andar. As inscrições podem ser feitas no site do evento.

O encontro terá início às 14h, com a palestra do Prof. Dr. Ismar de Oliveira Soares, presidente da Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação (Abpeducom), que falará sobre as potencialidades da Educomunicação para as práticas culturais. Em seguida, o Prof. Dr. Adilson Odair Citelli, professor da Licenciatura em Educomunicação da ECA/USP, falará sobre os desafios da educação formal na relação com os meios de comunicação e suas potencialidades para a educação não-formal.

sábado, 1 de novembro de 2014

Revista semanal perde credibilidade junto a pesquisadores em comunicação política

Circula, desde 29 de outubro, nota da Associação Brasileira de Pesquisadores em Comunicação e Política, com manifestação de repúdio ao comportamento de revista semanal publicada em São Paulo, às vésperas do encerramento do processo eleitoral, no Brasil. A nota é assinada por Alessandra Aldé - presidente da COMPOLÍTICA.

Veja a íntegra da mensagem:
"A Associação Brasileira de Pesquisadores em Comunicação e Política (Compolítica) vem, por meio de sua diretoria, repudiar publicamente a Revista Veja pela conduta irresponsável, como veículo jornalístico, às vésperas das eleições presidenciais de 2014. Como é de conhecimento público, a revista estampou em sua capa manchete e fotos implicando de forma taxativa dois presidentes em um grave escândalo de corrupção, publicando a edição um dia antes do normal e tornando-se, assim, material de campanha para um dos lados da disputa. Fez isso baseando-se em vazamentos de acusações de um criminoso em processo de delação premiada que deveriam servir à justiça para novas investigações - inaceitáveis como prova a ser publicada como verdade. Consideramos que a revista agiu de forma irresponsável, incompatível com o grau de amadurecimento de nossas instituições e punida judicialmente pelo próprio TSE com direito de resposta e multa. Como associação científica que pesquisa justamente a relação entre comunicação e política, expressamos nossa preocupação com a recorrência de fatos como este, em que emissores privados se valem da legitimidade conferida pela opinião pública à imprensa para divulgar material que não segue os preceitos éticos mínimos e boas práticas do ofício, para além das preferências ideológicas. Para que a vontade popular possa se expressar, é necessário garantiir que o respeito ao processo democrático seja um limite ao arbítrio dos controladores dos meios de comunicação. É necessário, também, que o Brasil avance na direção de um sistema de mídia mais plural e mais democrático, com mais respeito à divergência e espaço para o debate. O direito democrático da livre expressão pública implica responsabilidade política - além de jurídica. É coisa muito séria e esperamos que nossa manifestação a respeito possa contribuir com o necessário debate que, quem sabe, a presidente reeleita ousará, finalmente, favorecer neste mandato." 
Rio de Janeiro, 29 de outubro de 2014.
Alessandra Aldé - presidente
Luis Felipe Miguel - vice-presidente 
Francisco Paulo Jamil Marques - secretário

domingo, 26 de outubro de 2014

Pesquisadora da Argentina discute Ley de Medios e Educomunicação, na ECA/USP

A professora Bettina Martino, diretora da "Carrera en Comunicación" da Universidade Nacional de Mendonça, na Argentina, esteve no Brasil, ao longo da primeira quinzena de outubro, com o objetivo de entrevistar o professor Ismar Soares e levantar bibliografia para sua tese doutoral. 

Durante sua estadia na cidade de São Paulo, a professora Bettina participou das aulas oferecidas pelo professor Ismar no Programa de Pós Graduação, nos dias 7 e 14 de outubro, no período da tarde, reunindo-se com os alunos da Licenciatura, no dia 14, à noite. 

Educomunicação será tema de coleção do Ministério da Justiça e UNESCO

O Ministério da Justiça e a UNESCO estão preparando uma coleção de cinco cadernos com o escopo de levar ao debate nacional três assuntos de interesse para o âmbito da educomunicação: liberdade de expressão, classificação indicativa e educação para a mídia. A coordenadora da coleção, professora Angela Lovato Dellazzana, acaba de consultar os editores da Revista Comunicação & Educação sobre a viabilidade de republicar, no espaço desta coleção, o artigo "Educomunicação e Educação Midiática: vertentes históricas de aproximação entre Comunicação e Educação", de autoria do professor Ismar de Oliveira Soares

 O texto integrou a edição comemorativa dos 20 anos do periódico, lançado em setembro passado (vol.19, n. 2, jul-dez. 2014.p.15-26). A professora Roseli Fígaro, editora da revista em parceria com o professor Adilson Citelli, já entrou em contato com Angela Dellazzana, autorizando o uso do material da revista no corpo da obra a ser editada em Brasília.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Liberdade de expressão: entrevista com Karina Quintalilha e Camila Marques

Karina Quintanilha - ONG Artigo 19
Karina Quintanilha, advogada do Centro de Referência Legal, da ONG Artigo 19, foi uma das palestrantes do Seminário Anhembi Morumbi de Comunicação e Educação. Tratou do tema da liberdade de expressão, vinculado aos direitos humanos universalmente aceitos, mas frequentemente ameaçados. A newsletter da revistapontocom, do Rio de Janeiro, acaba de publicar uma excelente entrevista com Karina e sua colega Camila Marques. 

Leia, na íntegra, o texto da entrevista promovida por Marcus Tavares:

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Associados da ABPEducom são esperados no lançamento de pesquisa do Comitê Gestor da Internet no Brasil

O Comitê Gestor da Internet no Brasil promove, no dia 10 de novembro (segunda-feira),o lançamento das Pesquisas "TIC Educação" e "TIC Kids Online" (TIC EDU 2013). 

O evento acontecerá em São Paulo (na Rua Ferreira de Araújo, 741, Pinheiros). Além da apresentação dos resultados das pesquisas, será promovido um debate com a participação de Guilherme Canela (UNESCO América Latina), Mario Volpi (UNICEF Brasil), Maria Luiza Belloni (UFSC) e Venâncio Massingue (coordenador de pesquisa semelhante, em Moçambique). 

De acordo com Camila Garroux, do Centro de Estudos das Tecnologias da Informação e Comunicação do CGI.BR, os pesquisadores e profissionais da Educomunicação, especialmente os associados da ABPEducom são particularmente esperados. 

A confirmação de presença deve ser feita até 03 de novembro através do e-mail: eventos@nic.br. Contatos: (11) 5509-3537 ramal 408. 

Saiba mais:

Pesquisa TIC Kids Online 2012 - acesse aqui.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Feliz Aniversário, Professor Ismar!



Hoje é seu aniversário, professor Ismar
É uma alegria para nós, educomunicadores, termos como luz seu sorriso irradiando nossas ações, reflexões e lutas. 
Na última assembleia, o senhor disse que era o "sorriso que identificava o educomunicador". Isso mesmo, é por meio do sorriso que podemos construir ecossistemas comunicativos abertos, dialógicos, criativos e amáveis... 
Assim, construímos comunidades felizes por onde passamos.
Que todos/as os educomunicadores possam se espelhar em seu sorriso para construirmos ambientes participativos - outra marca da Educomunicação - por onde andarmos...

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Núcleo da ABPEducom-RS promove formação a coordenadores e monitores do Mais Educação

Leandro Filho (MEC) destaca a contribuição da Educomunicação
ao Mais Educação | Crédito: Fernanda de Araújo Patrocínio 
Coordenadores e monitores do Programa Mais Educação (PME) da rede de município de Santa Maria – RS, se reuniram na segunda (6/10), na Escola Municipal de Aprendizagem Industrial – EMAI, para formação sobre Educomunicação e Recursos Educacionais Abertos.


A palestra principal do evento foi ministrada pela profa. Dra. Rosane Rosa, da Universidade Federal de Santa Maria e vice-presidente da ABPEducom, que ressaltou a importância do processo de empoderamento dos sujeitos envolvidos nas atividades dos macrocampos que se pautam no paradigma da educomunicação. Ao final de sua fala, Rosane convidou os participantes a relatarem suas experiências emancipatórias na mediação de processos de aprendizagem.

Educomunicação será tema de oficina na 39ª Semana Acadêmica da Comunicação Social em Santa Maria-RS

Na programação da 39ª Semana Acadêmica da Comunicação Social que ocorrerá de 20 a 24/10 na Universidade Federal de Santa Maria-RS, encontra-se a oficina sobre Educomunicação que será mediada pela conselheira científica (CCD) da ABPEducom, Evelin Haslinger. 

Evelin considerada sua participação como mais um marco da ABPEducom, já que o convite para ministrar a oficina “faz parte do esforço e belo trabalho desenvolvido pela vice presidente da ABPEducom, Profa. Dra. Rosane Rosa. 

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Cobertura educomunicativa do Seminário Direitos Humanos e Educomunicação é realizada no Facebook

Exposição "Educomunicação e Guiné-Bissau: ponte Heliópolis x Bissau" 

A cobertura educomunicativa do Seminário Anhembi Morumbi de Comunicação e Educação com tema "Direitos Humanos e Educomunicação" aconteceu em tempo real pela página da ABPEducom no FacebookO evento aconteceu entre os dias 9 e 11 de outubro de 2014 na Anhembi Morumbi - Centro, em São Paulo-SP.

A cobertura fotográfica foi registrada por CyroLanzani e Maurício da Silva, além de contar com a colaboração dos próprios participantes que disponibilizaram seus registros na página. O registro das discussões foi realizada pela equipe de comunicação da ABPEducom, contando com a colaboração de Evelin Haslinger, Maria Célia Rehder, Antonia Alves e Jurema Brasil.

A programação geral foi sendo pontuada no momento em que as mesas redondas, apresentação de trabalhos, dentre outros eventos iam se dando, recebendo comentários sobre os principais pontos. 

Participantes expressam agradecimento pelo Seminário Anhembi Morumbi de Comunicação e Educação


Diversas manifestações de agradecimento estão chegando com o sentimento de gratidão dos participantes do Seminário Anhembi Morumbi de Comunicação e Educação com o tema "Direitos Humanos e Educomunicação", acontecido entre os dias 9 e 11 de outubro de 2014.

domingo, 12 de outubro de 2014

MMA e ICMBio desenvolvem atividades para fomentar estratégias de Educação Ambiental e Comunicação nas UCs

ICMBio - Educação Ambiental"Desenvolvimento de atividades para a implementação da ENCEA" é um projeto que está contando com a consultoria da educomunicadora e jornalista Débora Menezes que, solicita a colaboração dos associados para essa iniciativa. A contribuição pode ser enviada até o dia 22 de outubro de 2014. 

Abaixo detalhes do projeto:

sábado, 11 de outubro de 2014

Diretoria da ABPEducom - Gestão 2012-2014

Gestão 2012-2014



Diretoria eleita na Assembleia da ABPEducom de 27/10/2012


Presidente: Prof. Ismar de Oliveira Soares (SP)

Vice-Presidente: Profª Rosane Rosa (RS)

Secretário Executivo:Claudemir Viana (SP)

Secretário de Finanças: Lilian Romão (SP) [2013...]
Cristina Uchôa (SP) [2012-2013] | 

Diretor de Comunicação: Antonia Alves (MT) [2013...]
Cristiane Parente (DF) [2012-2013]

Diretor Cultural: Silene Lourenço (SP)

Diretor de Assuntos Profissionais e Formação Continuada: Ademilde Sartori (SC)

Conselho Fiscal:Alexandre Le Voci Sayad (SP); Paola Prandini (SP); Luci Ferraz (SP) e Tatiana Gianordoli (MG)

Veja abaixo o currículo de cada membro da diretoria:


Presidente da ABPEducom

Ismar de Oliveira Soares


Jornalista formado pela Cásper Líbero e graduado em Geografia e História. Doutor em Ciências da Comunicação (ECA/USP), pós-doutor pela Marquette University (USA). Professor Titular da ECA/USP, chefiou o Departamento de Comunicações e Artes por 8 anos. Atuou como professor do Ensino Médio, em escolas públicas e privadas nas décadas de 1970 e de 1980. No ensino superior, atuou na Universidade Metodista de São Paulo.

Fundou e coordena o NCE - Núcleo de Comunicações e Artes (USP). Coordena a Licenciatura em Educomunicação da ECA/USP. Esteve à frente da pesquisa que definiu e sistematizou, entre 1997 e 1998, o conceito da educomunicação, como um campo de intervenção social e de investigação acadêmica na interface comunicação/educação. Promoveu, a partir do ano de 2000, 18 congressos, simpósios e encontros nacionais sobre a temática. É jornalista responsável pela revista Comunicação & Educação, tendo colaborado ativamente para fundação da revista Viração. 

Vem colaborando, ao longo das duas últimas décadas, para que o conceito da educomunicação seja operacionalizado em níveis municipal, estadual e federal, através de políticas públicas, permitindo novas formas de gestão da comunicação nos processos educativos sejam implementadas. Para tanto, contribui para projetos como: o "Educom.TV" (2002), o "Educom.rádio", (2001-2004) e o Curso a distância "Mídias na Educação" (2006-2012).

Presidiu a UCBC - União Cristã Brasileira de Comunicação Social entre 1980 e 1986. Foi presidente da UCIP - Unión Catholique Internationale de la Presse (Genebra, Suíça) entre 2001 e 2009, articulando eventos em todos os continentes destinados à formação de jornalistas no campo da ética, da cidadania e da sustentabilidade.

Conheça mais detalhes do perfil do professor Ismar de Oliveira Soares.


Estatuto da ABPEducom faz atribuições da Presidência - para conhecê-las, clique aqui!




Vice-presidente da ABPEducom

Rosane Rosa


Graduada em Relações Públicas e Jornalismo pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (1990; 1992). Mestre em Ciências da Comunicação pela Unisinos (2000) e Doutora em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2009).

Atuou por mais de dez anos na área de Comunicação de interesse público, no Primeiro, Segundo e Terceiro Setor (1989-2001). Iniciou suas atividades no ensino superior em 2001, na Pontifícia Universidade Católica do Paraná PUC/PR (2001 -2008). Em 2004 e 2005 participou como coordenadora do jornalismo impresso no Brasil da pesquisa “Conhecer para intervir: infância violência e mídia”, desenvolvida para o projeto “Vozes por um continente sem violência”.Promovido pela Oficina Internacional Católica da Infância (BICE), o projeto contou com a participação de pesquisadores de universidade de oito países (Brasil, Uruguai, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Paraguai e Peru).

Docente do Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria- UFSM desde 2008. Leciona as disciplinas Comunicação e Cidadania e Mídia e Políticas Públicas (graduação); Mídia e Pluralismo (POSCOM). Além disso, integra o Colegiado do Mestrado Profissional Tecnologias Educacionais em Rede e é pesquisadora CAPES na Universidade Aberta do Brasil (UAB) - Especialização EAD Tecnologias da Informação e da Comunicação Aplicadas à Educação.

Coordena, desde 2009, o Programa Educação Com&para Mídia (Conexão de Saberes - MEC/UFSM) e 2011 e 2012 o Projeto Educomunicação e Cidadania Comunicativa (Novos Talentos - CAPES).

Em 2010 e 2011 integrou o Projeto Tecnologia social para apropriação do fazer midiático por associações de rádios comunitárias (PROEXT/MEC).

Conquistou, em 2011, o Premio “Mérito Extensionista – Prof. Dr. José Mariano da Rocha Filho”, como reconhecimento público ao trabalho realizado de contribuição à comunidade local e regional.

Enquanto coordenadora do Núcleo de Comunicação, Políticas Públicas e Cidadania, foi responsável pela realização do I EDUCOM SUL, em maio de 2012, na UFSM. Participaram 386 profissionais e pesquisadores das áreas de comunicação e educação dos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e do Paraná.


Estatuto da ABPEducom faz atribuições da Presidência - para conhecê-las, clique aqui!


Secretário Executivo da ABPEducom

Claudemir Edson Viana


Bacharel e Licenciado em História (USP). Mestre e Doutor em Comunicação (ECA/USP), com pesquisas sobre Educomunicação, Mídia e Criança, O Lúdico e a Aprendizagem na Cibercultura, Jogos digitais e Internet no cotidiano infantil. 

Atuou por 10 anos como Educador em escolas públicas e privadas, atuou por 11 anos como Diretor Acadêmico no Ensino Superior Particular, e como pesquisador por 16 anos no LAPIC – Laboratório de Pesquisas sobre Infância, Imaginário e Comunicação  (ECA/USP) É pesquisador colaborador nos projetos de educomunicação do NCE -Núcleo de Comunicação e Educação (ECA/USP) desde 2001. 

Atualmente orienta monografias do curso de Especialização semi-presencial Mídias na Educação, parceria MEC/UFPE/ECA-USP. Atua desde 2003 na ONG CENPEC como gestor de redes sociais educativas, de  onde também é co-autor da Coleção Ensinar e Aprender no Mundo Digital. É professor convidado nos cursos de Educomunicação da ECA/USP e Presidente da Associação dos Terapeutas Sem Fronteiras.  


Estatuto da ABPEducom faz atribuições  à Secretaria Executiva - para conhecê-las, clique aqui!


Secretária de Finanças da ABPEducom


Lílian Romão (2013...)

Lília Cristina Ribeiro Romão é mestranda em Ciências da Comunicação (ECA-USP), especialista em Gestão de Assuntos Públicos (PUC-PR), graduação em Comunicação Social/Jornalismo e Letras (PUC-PR). 
Foi integrante da equipe da Viração Educomunicação como Diretora Executiva até julho de 2014.
Foi fundadora da Ciranda - Central de Notícias dos Direitos da Infância e Adolescência, onde atuou por dez anos em projetos e ações relacionados à comunicação para temáticas sociais, como ações da Rede Andi, Plano de Comunicação para o enfrentamento da violência sexual infanto-juvenil na Tríplice Fronteira, e de educomunicação, como Navegando nos Direitos e Luz, Câmera, Paz!
Possui experiência em ações de comunicação popular pela Aditepp - Associação Difusora de Treinamentos e Projetos Pedagógicos, onde coordenou o plano de comunicação e projetos de comuicação para outras organizações de Curitiba.
Desenvolveu projetos de comunicação para outras organizações de Curitiba, fazendo a coordenação de publicações nas áreas de saúde, comunicação e direitos humanos.
Estatuto da ABPEducom faz atribuições  à Secretaria de Finanças- para conhecê-las, clique aqui!





Diretora de Comunicação da ABPEducom

Antonia Alves Pereira (2013...)

Jornalista (UFMT), Especialista em Educação a Distância - EAD (Senac-RJ) e Mestre em Ciências da Comunicação (ECA-USP). Pesquisadora do Núcleo de Comunicação e Educação (NCE-USP) e professora pesquisadora da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat).

Atua na inter-relação Comunicação/ Educação desde 1998 quando participava da Inspetoria Nossa Senhora da Paz (InsPAZ, Cuiabá-MT, até 2003) em articulação com a rede americana e mundial das Salesianas.

Gerenciou projetos educomunicativos, jornalísticos e de EAD no Portal Educacional Aprendaki entre 2003 e 2010. Como jornalista, atuou com assessoria de comunicação, editora/redatora de jornais e revistas institucionais e de sites noticiosos e institucionais, além de coordenar eventos e cursos. Enquanto educadora na educação básica, desenvolveu atividades como docente, coordenadora e vice-diretora de escolas no Estado de Mato Grosso, articulando projetos pedagógicos e interdisciplinares, dando ênfase à proposta de Educomunicação. Ainda, atuou como tutora e orientadora de monografias no curso de especialização Mídias na Educação (MEC-UFPE-NCE/USP).


Estatuto da ABPEducom faz atribuições  à Diretoria de Comunicação - para conhecê-las, clique aqui!



Diretora de Cultura da ABPEducom

Silene de Araujo Gomes Lourenço


Graduada em História (Fundação Valeparaibana de Ensino). Especialista em Marketing e Propaganda e Mestre em Comunicação e Mercado (Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero). Doutoranda em Ciências da Comunicação (ECA/USP), área de pesquisa: Comunicação e Educação; Educomunicação. Longa experiência como professora do Ensino Fundamental, Médio e Superior da Rede Pública e Particular. 

Atualmente é colaboradora do NCE - Núcleo de Comunicação e Educação (ECA/USP), pesquisadora do Grupo de Pesquisa em Educação, Comunidade e Movimentos Sociais (UFSCAR), tutora e orientadora do Programa Mídias na Educação - curso de formação continuada à distância da Secretaria de Educação à Distância (MEC), supervisora do Programa EJA Mundo do Trabalho da Fundação para o Desenvolvimento Administrativo (FUNDAP), tutora do Curso de Formação Específica do Concurso Público para PEB II da Escola de Formação de Professores (EFAP).  


Estatuto da ABPEducom faz atribuições  à Diretoria Cultural - para conhecê-las, clique aqui!


Diretora de Assuntos Profissionais e Formação Continuada da ABPEducom

Ademilde Silveira Sartori


Graduada em Física e Mestre em Educação pela UFSC. Doutora em Ciências da Comunicação pela USP. 

Responsável pela disciplina Educação e Comunicação do Programa de Pós-Graduação em Educação e pela disciplina Mídia e Educação do curso de Pedagogia da UDESC. 

Coordenadora do Laboratório de Mídias e Práticas Educativas da FAED/UDESC e Coordenadora do Obsevatório Iberoamericando de Educomunicação - Bernunça 2.0. Atualmente é coordenadora do GP Comunicação e Educação da Intercom. 


Estatuto da ABPEducom faz atribuições  à Diretoria de Assuntos Profissionais e Formação Continuada - para conhecê-las, clique aqui!





Membros do Conselho Fiscal da ABPEducom

Alexandre Le Voci Sayad

Jornalista e educador. É atualmente diretor social da plataforma MyFunCity e também coordenador de projetos e consultor dos colégios Bandeirantes, Lourenço Castanho e Gracinha. É consultor na área de investimento social de empresas e projetos sociais, como o Instituto Claro, B.I International e o Instituto Criar. Escreve como articulista no Portal Aprendiz, na Gazeta do Povo e no O Estado de SãoPaulo (Estadao.edu). É também coordenador do programa Open City, em parceria com a Universidade de Harvard, MIT e Colégio Bandeirantes.

Foi por sete anos coordenador de educação e mídia da organização Cidade Escola Aprendiz e um dos fundadores e secretário executivo da Rede CEP (Rede de Experiências em Educação, Comunicação e Participação), que reúne treze projetos que envolvem mídia e educação no Brasil e também da Rede Andi Brasil.

Editou publicações específicas na área de educação, como para as editoras Abril, Nova Cultural e Segmento, além do portal Compuserve no Brasil. Foi colunista da Rádio Brasil 2000 FM. Edita livros na área de educação como Mídia e Escola (de Fernando Rossetti, para o Unicef) e Aprendiz do Futuro (de Gilberto Dimenstein, para a Editora Ática).É autor do livro “Idade Mídia: A Comunicação Reinventada na Escola”, de (Editora Aleph/ 2012). É também membro da agência REPENSE, como "Repensador" na área de educação. 




Paola Prandini 

Jornalista pós-graduada em Gestão da Comunicação e mestranda em Ciências da Comunicação, pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo. 

Proprietária da consultoria AfroeducAÇÃO e integrante da Comissão dos Jornalistas pela Igualdade Racial (Cojira-SP), faz parte do  Núcleo de Comunicação e Educação (NCE) e do Núcleo de Apoio à Pesquisa em Estudos Interdisciplinares sobre o Negro Brasileiro (NEINB) da USP. 

Autora do livro “Cruz e Sousa”, parte da Coleção Retratos do Brasil Negro, da Selo Negro Edições e co-autora do livro “Carolinas”,em parceria com o fotógrafo Diego Balbino.






Tatiana Gianordoli

Consultora associada da Associação Brasileira de Consultores Políticos – ABCOP/SP; membro da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação _ INTERCOM, da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo - SBPJor e autora de artigos publicados em periódicos, jornais de notícias e capítulos de livro. Jornalista diplomada pela UFES- Universidade Federal do Espírito Santo. 

Mestre em Comunicao pela PUC/SP. Doutora em Comunicação e Semiótica (PUC-SP). Membro do Conselho Fiscal da Associação Brasileira de Profissionais em Educomunicação -ABPEducom. Pesquisadora do Grupo de Pequisa Opiniao Publica, Marketing Politico e Comportamento Eleitoral da Universidade Federal de Minas Gerais-UFMG.

Reside em Belo Horizonte - MG, onde atua na área de comunicação ambiental, no desenvolvimento de pesquisas socioeconômicas, na interface empresa-comunidades, por meio de ações mediadoras que visem a consolidação desse relacionamento. Foi Professora Orientadora do Programa Mídias na Educação do Núcleo de Comunicação e Educação da USP/UFPE/MEC e na UFOP/ MEC.


Luci Ferraz 

Doutoranda e Mestre em Comunicação, sob a linha de pesquisa Comunicação e Educação (Educomunicação), pela Escola de Comunicações e Artes, da Universidade de São Paulo, estuda as práticas educomunicativas no ensino formal. 

Especialista em Gestão de Organizações de Terceiro Setor, com ênfase em Marketing Social, pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, e graduada em Administração de Empresas com ênfase em Marketing, pela EAESP - Fundação Getúlio Vargas. Cursos de extensão em Planejamento e Gestão de EAD, Docência e Tutoria pela EBAPE/FGV-RJ, é professora-tutora e mentora da Fundação Getúlio Vargas (Programa FGV Online) e professora convidada do curso Especialização em Educomunicação, ECA/USP (curso presencial). 

Atua como consultora pedagógica para projetos de educação presencial com mediação tecnológica junto à Hughes Telecomunicações, que trabalha o modelo de transmissão via satélite bidirecional integrado a outros modelos educacionais. 

Orientadora junto ao curso Mídias na Educação, do MEC, e pesquisadora do NCE - Núcleo de Comunicação e Educação, da USP, desenvolve estudos sobre práticas educomunicativas ligadas ao ensino formal. Membro do Conselho de Ética e do Grupo de Educação Corporativa da Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED) e do Comitê de Comunicação da Revista Comunicação e Educação, ECA/USP.

Estatuto da ABPEducom faz atribuições  Conselho Fiscal - para conhecê-las, clique aqui!





Outras diretoriasGestão 2011-2012 - para conhecer a Diretoria Interina, clique aqui!Gestão 2012-2013 - alteração nas Diretorias de Comunicação e Secretária de Finanças, clique aqui!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...