segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

A Cor da Cultura, do Canal Futura, comemora os resultados de 2013



A terceira fase do projeto A Cor da Cultura acaba de completar seu primeiro ano de atividades, tendo como foco o ensino fundamental e a educação infantil, assim como temas relacionados à juventude e às questões de gênero. 


Planejada com o intuito de expandir as formações do projeto para cinco novos estados, a nova etapa atingiu em 2013 um público de 2.178 educadores dos municípios-polo de Vitória, Cachoeiro de Itapemirim e Colatina (ES); Porto Alegre, Osório e Pelotas (RS); São Luís, Imperatriz, Codó e Pinheiro (MA); Belém, Castanhal, Parauapebas e Tucuruí (PA); e Goiânia (GO). 

Além dos 2.174 kits do A Cor da Cultura distribuídos durante as formações, foram realizadas atividades de sensibilização para a utilização desse material pedagógico em outros locais: Montenegro (RS), com representantes dos Clubes Sociais Negros, no Rio de Janeiro (RJ), com líderes de instituições sociais da comunidade do Borel, onde tem uma Sala Futura, e em Mangaratiba (RJ), com professores da rede municipal. 

Esta terceira fase inclui ainda a produção de programas inéditos para os kits e a exibição no Canal. A nova temporada da série Heróis de Todo o Mundo está no ar na telinha do Futura desde o final do ano passado e, em 2014, o público confere a estreia dos programas Nota 10 e Livros Animados. Uma nova parceria foi firmada, através de edital público, com a Universidade Estadual da Paraíba e Universidade Federal de Uberlândia para desenvolver o curso de especialização baseado na metodologia do projeto. 

Foi lançada também a Sala Camutuê, uma rede de social de integração e troca de imagens, textos e experiências entre os educadores que participaram das formações. E está sendo desenvolvido mais um suporte pedagógico para a inserção da temática nas escolas: o Livro do Aluno, voltado para estudantes do ensino fundamental. 

Dando continuidade a esse processo, em 2014 acontece a etapa final das formações nos novos municípios, além do acompanhamento nas capitais que participaram da segunda edição do A Cor da Cultura em 2010-11. Voltado para a valorização da história e da cultura afro-brasileiras no currículo escolar, o projeto é uma parceria entre Petrobras, Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), Centro Brasileiro de Informação e Documentação do Artista Negro (CIDAN), Ministério da Educação, por meio do SECADI, Ministério da Cultura, por meio da Fundação Cultural Palmares, Fundação Roberto Marinho, via Canal Futura, e a TV Globo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...