sexta-feira, 13 de junho de 2014

Adolescentes de Rádio-Escolas de Santa Maria-RS realizaram cobertura colaborativa de evento internacional sobre educação popular

Aluno entrevistou a professora de didática, Ana Rosa Delazzana. | Crédito: Agência Educom News

Colaboração, aprendizado, protagonismo e empoderamento, são palavras-chave que definem o trabalho desenvolvido pelo grupo de 50 crianças e adolescentes do Ensino Fundamental e Médio de 35 Escolas Estaduais de Santa Maria e Região que realizou a cobertura colaborativa do XIV Congresso Internacional de Educação Popular, Mobrec 2014, ocorrido de 27 a 30 de maio, no Clube Recreativo Dores, em Santa Maria/RS. 


Os adolescentes que participaram da cobertura integram as Rádio-Escolas implantadas em parceria pelo Programa de Educomunicação e Cidadania da UFSM, coordenado pela professora Rosane Rosa e pelo Projeto de Educomunicação - Rádio Escola da SEDUCRS - 8ª CRE Santa Maria, coordenado pelo Prof. Valnes Camargo. 

Segundo Rosane que é Vice-Presidente da Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais de Educomunicação, "trata-se de um espaço e de um processo participativo e colaborativo de empoderamento infantojuvenil e de democratização da comunicação pela via da educomunicação". 

A cobertura foi realizada por meio de múltiplas linguagens, tais como: vídeo, fotografia, áudio e texto, e utilizou a página da Agência de notícias no Facebook como forma de ampliar a visibilidade do evento e do processo educomunicativo. 

O protagonismo dos jovens chamou a atenção dos participantes do evento, conforme ressaltou Raquel Scremin, acadêmica de Comunicação - Produção Editorial da UFSM e há dois anos bolsista do Programa: “o público via o trabalho deles e já os relacionava como integrantes da rádio escola e da cobertura colaborativa, mas viam o trabalho como algo novo, de protagonismo juvenil e inclusão. A cobertura se destacou pelo fato deles usarem as diversas mídias em tempo real tanto ao vivo quanto online”. 

Os participantes do Mobrec 2014 também eram convidados a participar da cobertura colaborativa na internet por meio da hashtag #MOBREC2014, possibilitando que múltiplos olhares sobre o evento pudessem ser divulgados.

Rayele entrevistou a professora da Escola Cilon Rosa, que apresentou trabalho sobre reciclagem. Crédito: Agência Educom News

Conheça algumas das produções:


Entrevista realizada pela repórter Paola de Medeiros com o cantor e compositor curitibano





Entrevista da repórter Nicole com Vera Espindola, responsável pelo setor pedagógico da 8º CRE. 

 

Entrevista realizada pela repórter Alexandra, da Rádio no Ritmo, com a professora Rosa, que falou da importância da participação dos alunos na cobertura 




--------------------------

Publicação by Agência de Notícias Educom SM.


Confira depoimentos dos estudantes que participaram da cobertura colaborativa: 

Gláucia Brisotto 
Participar da cobertura colaborativa do MOBREC 2014 foi uma experiência realmente maravilhosa, eu me senti “importante”, não pelo fato de termos um lugar específico para ficar, nem pela organização, mas pelo retorno que tivemos de quem participou do evento, as pessoas queriam saber quem éramos, saber como encontrariam as entrevistas e etc. Muitos vinham pedir informações e ajuda, uma professora, por exemplo, veio me pedir ajuda para enviar um documento ao chefe dela, pois ela não sabia como fazer; parece algo simples, mas para uma aluna do ensino médio, ajudar uma professora, é algo realmente incrível. Ter participado de um evento tão importante como esse criou em mim a certeza de que eu quero fazer algo na área da comunicação, pois quero continuar participando de eventos como esse e se tudo der certo, talvez eu faça coberturas oficiais no futuro. 

Marcos Garra 
Desde que comecei a participar da Rádioescola a minha vida mudou de tal forma que não tenho nem palavras para expressar. Desenvolvi a habilidade de falar em público, de entrevistar, de manusear outras tecnologias que não tinha conhecimento. Nos últimos dias tive oportunidade de participar de entrevistas com pessoas que nem imaginava ter a oportunidade de conhecer: Prof° Dr. Hedi Maria Luft, Governador Tarso Genro, entre outros. Nos próximos dias participarei juntamente com outros alunos de Rádio escola da MEP em Cruz Alta-RS e espero ampliar o conhecimento, conhecer novos projetos, conhecer pessoas de várias cidades e escolas do RS e trazer novas ideias para aprimorar a nossa rádio . Estou muito feliz por fazer parte deste projeto e espero corresponder às expectativas em mim depositadas. 

Pérola Souza
Quando comecei a fazer parte da radio CB1.3 eu tinha um foco. Este foco era me aperfeiçoar, colocar em prática o meu lado comunicativo, e interativo de ser. Sempre me identifiquei com essa rotina, que tem uma repórter, a emoção que é fazer parte de uma equipe , interagir com a galera, conhecer novas pessoas , e aprender muito com elas também, mas principalmente sentir aquele alívio no fim do dia de tarefa cumprida. Participar da MEP, diria que é como ganhar uma promoção, onde o premio é um ingresso para assistir a minha seleção favorita, como o Brasil jogar na Copa do Mundo . Bom, vamos ser mais conclusivos. Participar do Mobrec foi uma experiencia boa, conheci diferentes pontos de vista, alem de ter adquirido mais experiencia com o publico alvo e me sentir mais preparada para novos desafios. 

Pâmela Medeiros 
Ao participar de um evento como o MOBREC, que é de nível internacional, eu quanto estudante e integrante de uma rádio-escola acredito que além de trazer-me mais experiência e mais habilidade para fazer a cobertura colaborativa, teve uma importância de ter aproximado mais a ideia do professor ao aluno. Vendo o quanto se é discutido formas inovadoras para implementar um novo tipo de educação, nós alunos damos valor aos professores que tentam mudar a realidade da educação e que fazem de tudo para que isso aconteça. 

Letícia Weber 
Participar do MOBREC foi uma ampliação de conhecimentos e de ponto vista. Ver e compreender o lado dos educadores sobre as perspectivas da nova forma de Ensino Médio foi algo único. E participar junto com o projeto de Rádio Escola foi, aliás, é de extrema importância na minha capacidade de comunicação, e de trabalhar em equipe."



Texto: Maurício Lavarda do Nascimento, com a colaboração de Raquel Scremin e Rosane Rosa.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...