sexta-feira, 12 de setembro de 2014

NCE e Viração: parceiros em projeto do PNUD-ONU

Professor Ismar - NCE-USP - e Paulo Lima - da Viração | Crédito: Arquivo CCA-ECA-USP
Professor Ismar - NCE-USP - e Paulo Lima - da Viração
| Crédito: Arquivo CCA-ECA-USP
O Núcleo de Comunicação e Educação da ECA/USP e a ONG Viração formaram uma parceria para atender solicitação do PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento no sentido de oferecer palestras no Curso de Convivência e Segurança Cidadã que vem sendo implementado em diferentes cidades brasileiras, num ação conjunta com o Ministério da Justiça.

As duas últimas atividades ocorreram em Belém-PA, e Rio de Janeiro-RJ, respectivamente nos dias 25 a 29 de agosto e 9 e 19 de setembro.


As palestras foram dirigidas a profissionais da segurança pública do Brasil, como dirigentes de secretarias municipais das capitais e do interior dos estados, delegados, militares, guardas municipais, bombeiros, polícia civil, dentre outros, reunidos para capacitação que visa a elaboração de projetos de intervenção social no âmbito da segurança pública.

Os encontros atenderam cerca de 60 profissionais, e o tema educomunicação foi abordado no último dia de cada curso. Em cada encontro, além da palestra de um membro do NCE, jovens vinculados à ONG Viração apresentaram experiências práticas de educomunicação realizadas por jovens na qualidade de cidadãos que expressam suas opiniões e ideias, através de uma mídia produzida colaborativamente.


Atividade em Belém-PA

Em Belém, o encontro sobre educomunicação contou com a apresentação do professor Claudemir Viana, do NCE-ECA/USP e secretário executivo da ABPEducom, seguida da apresentação do grupo Jovens Comunicadores da Amazônia, vinculado à Viração, através de Diego Teófilo. 

A palestra apresentou elementos básicos sobre a história e a epistemologia da Educomunicação, com a indicação de algumas referências de fontes e experiências sobre a aplicação do conceito, seguidos da apresentação da experiência do grupo Jovens Comunicadores da Amazônia, articulada a outras iniciativas civis da região, como o Unipop.


Atividade no Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, a palestra sobre educomunicação foi assumida pelo professor Ismar Soares, do NCE-ECA/USP e presidente da ABPEducom. Colaboraram os jovens Gizele Martins, colaboradora do Jornal O Cidadão, da Maré, e Jackson Boa Ventura, ambos integrantes da Agência Jovem de Notícia, da Viração.

O debate com os participantes do encontro do Rio de Janeiro tomou como referência o material de suporte oferecido pelo PNUD e Ministério da Justiça, que consideram como referenciais, para o desenvolvimento de projetos de convivência cidadã, no Brasil, os paradigmas da “Comunicação para o Desenvolvimento” e a “Educomunicação”.


Os jovens têm histórias para contar

Para conhecer a contribuição do Jornal “O Cidadão” da Maré, produzido por jovens cidadãos da Maré, visite a fala da jornalista Gizele Martins, na sede da ABI, no Youtube.



Para conhecer o trabalho de Jackson, leia matéria por ele produzida sobre “As Marias do Chapéu Mangueira”: Já o grupo Jovens Comunicadores do Amazônia pode ser conhecido pela entrevista que seus integrantes realizaram com o professor Claudemir a respeito da formação superior em Educomunicação.



Conheça também o blog produzido pelo este grupo durante o curso, e o site do projeto de formação em Segurança Pública Cidadã.


é Ilustrações: Na foto 1, vemos o prof. Claudemir com participantes do curso, em Belém. Na foto 2, os jovens que fizeram a cobertura jornalística do encontro.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...