sábado, 27 de junho de 2015

Articulação mundial com conotação educomunicativa colocou o tema do clima na agenda do G7

Muitos disseram que era um sonho impossível, mas alguns dos maiores líderes mundiais acabaram de se comprometer na Cúpula do G7 a tirar os combustíveis fósseis da economia global para sempre! Até mesmo a imprensa, normalmente incrédula, está divulgando esse acordo. A vitória dos defensores da redução do combustível fóssil começou a ser obtida na cúpula de Paris, em dezembro de 2014, momento em que os líderes das sete economias mais fortes do planeta se uniram em torno de uma mesma meta: um mundo sem combustíveis fósseis.

Na raiz desta mobilização encontramos uma organização não governamental: AVAAZ. Nos últimos dois anos, a organização promoveu mobilizações públicas em todo o mundo com esse objetivo. 

Algumas das principais ações foram:
  • Encabeçar a marcha do clima, que levou 700 mil pessoas às ruas em 2014 – com a marcha, foi criado o momento político de que o movimento precisava;
  • entregar a dezenas de líderes mundiais uma petição com 2,7 milhões de assinaturas por energia 100% limpa
  • organizar um número incalculável de passeatas, negociações de alto nível, pesquisas de opinião e campanhas publicitárias, todas financiadas pela comunidade Avaaz;
  • pressionar a liderança da cúpula do G7, especialmente a chanceler alemã Angela Merkel, para que o tema entrasse na pauta e houvesse acordo com essa meta.
Somando-se a este esforço, o Papa Francisco acaba de divulgar sua primeira encíclica sobre o cuidado com o meio ambiente, que vem recebendo apoio de pensadores e organizações internacionais, reforçando a luta dos movimentos sociais, em todo o mundo.

Segundo o professor Ismar Soares, Presidente da ABPEducom, a luta alternativa que ganha uma nítida conotação educomunicativa, levando em conta que - em tempos de individualismo e competição desenfreado pelo lucro - os grupos envolvidos com o processo se articulam de forma colaborativa e democrática, em torno a um tema de interesse coletivo, fazendo uso de diferentes recursos de expressão, alcançando uma mobilização inédita.

Para conhecer melhor os passos deste processo inovador de prática educomunicativa no âmbito internacional, visite o endereço que segue:
https://secure.avaaz.org/po/paris_here_we_come/?bDvJgdb&v=60967

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...