sábado, 6 de junho de 2015

Estudantes e professores produzem documentário sobre “Massacre 29 de abril”

Menos de um mês depois da maior agressão da história do Paraná ao funcionalismo público, por parte do Governo do Estado, estudantes e professores do departamento de Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), através do projeto de extensão Lente Quente, com apoio da Agência de Jornalismo, da TV Comunitária e do Sinduepg lançaram o documentário “Massacre 29 de abril.

Em 29 de abril, professores, servidores e estudantes foram atacados no Centro Cívico, em Curitiba, por um contingente policial fortemente armado e desproporcional, responsável por mais de 300 feridos. Os manifestantes estavam presentes na praça e foram impedidos de exercer a liberdade de manifestação e de acessar o prédio da Assembleia Legislativa. Enquanto isso, dentro da assembleia os deputados paranaenses votavam projeto de lei que modificou o fundo de previdência dos professores e servidores.

O documentário é um registro em 45 minutos, com depoimentos de estudantes, professores e servidores que estiveram presentes no Centro Cívico na data do massacre. “O documentário serve de registro e memória do acontecimento da tarde do dia 29 de abril. O vídeo é fruto de um trabalho coletivo de alguns estudantes e professores que pensam a greve como momento também de aprendizado e de produção jornalística”, explica o jornalista e professor Gabriel Carven, um dos produtores do audiovisual.



Por Assessoria Sinduepg

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...