sábado, 21 de novembro de 2015

Crianças e adolescentes da SME reportaram, em blogs, encontro sobre educomunicação na Zona Norte de São Paulo

“Nossa escola Almirante Tamandaré, os alunos da Rádio Calafrio, eu e a professora Ludmila gostaríamos de agradecer imensamente a possibilidade de participar de um evento efetivamente educomunicativo como o de 11/11/2015”. É o que afirma a Profa Maria Madalena Iwamoto Sercundes, em mensagem ao Prof. Ismar Soares, sobre a presença de professores e estudantes da EMEF "Almirante Tamandaré" ao encontro intitulado "Diálogo sobre Educomunicação e TICs como possibilidades pedagógicas", com a presença do Prof. Ismar de Oliveira Soares, do Núcleo de Comunicação e Educação – NCE, da Universidade de São Paulo - ECA - USP e da Mestra Paola Prandini, formadora no Programa Nas Ondas do Rádio SME SP, no auditório da biblioteca do Parque da Juventude, na Zona Norte de São Paulo.

O debate fez parte da 1ª Mostra de Educação que a Divisão de Orientação Técnico-Pedagógica da Diretoria Regional de Educação Jaçanã Tremembé havia promovido entre 6 e 11 de novembro de 2015.

O agradecimento da professora vinha acompanhado do link para o blog da escola, onde se encontrava depositada a cobertura educomunicativa realizada pela equipe de estudantes que a acompanhou ao evento.

Afirma o texto da cobertura: “Os alunos fizeram alguns questionamentos sobre Educomunicação ao Prof. Dr. Ismar de Oliveira Soares e a Paola Prandini tais como, se eles acreditam que, com o passar do tempo, passe a fazer parte das disciplinas da escola. O professor Ismar disse que não acredita que "a Educomunicação entre como uma disciplina, mas sim como um procedimento que envolve os alunos através de projetos, e a esperança é de que esse movimento cresça até que toda a escola seja educomunicativa." Já Paola Prandini afirma que "é uma área que pode abrigar diversos temas, ela pode estar em qualquer aula: Matemática, História, Geografia, Artes... cabe em qualquer conteúdo no campo da Educomunicação, entendendo esses conteúdos como um campo transversal," e citou que o projeto da Rádio Calafrio já é um exemplo educomunicativo”. 



Prof. Ismar entrevista Letícia, de 9 anos

Afirma, ainda, o texto da matéria publicada no blog da escola que a aluna Letícia Medeiros da Silva, de 09 anos, do 3ºC, Ciclo de Alfabetização, também foi entrevistada pelo professor Ismar que perguntou a ela se estava gostando de participar do projeto e citou que em outros países como Colômbia, Peru, Argentina, Chile, México, Equador também há projetos educomunicativos, uma vez que a estudante falou que, a partir do próximo ano, pretende estudar espanhol e inglês para ampliar o currículo. Além disso, mencionou aos palestrantes que já produziu um vídeo sobre glutamato monossódico, como parte de um dos projetos desenvolvidos na escola sobre Alimentação Saudável. O educador disse que passaria o vídeo da aluna para os estudantes da Faculdade de Saúde Pública, da USP, que também produzem vídeos sobre o mesmo tema. Veja a cobertura completa:
<http://emeftamandare2015.blogspot.com.br/search/label/Protagonismo%20Infanto-Juvenil>.


Imprensa Jovem

O evento contou também com a presença da Profa. Mara Degilio, da EMEF "Martin Francisco", que também havia levado os alunos que fazem parte do projeto de Imprensa Jovem. A matéria produzida pelos alunos da Marin Francisco apresenta, além de um texto preciso, uma série de fotos que ilustram com muita riqueza a sequência das atividades ocorridas na biblioteca do Centro Cultura da Juventude. <http://emefmartinfrancisco.blogspot.com.br/2015/11/projetos-educomunicativos.html> .

Os blogs dos alunos registraram a participação de Cláudia Regina Dias Branco, responsável de DOT-P, Shirley Diniz e Kleber Silva, da DRE JT, assim como de Carlos Lima, responsável pelo Programa Nas Ondas do Rádio da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...