sábado, 4 de junho de 2016

Revista Comunicação e Educação é fonte privilegiada

Crédito: Telegraph.co.uk
A Agência Universitária de Notícias da UAP acaba de divulgar matéria que teve como fonte um artigo publicado pela revista Comunicação e Educação. A informação que tem como título “Pesquisa aponta relevância da mídia no desenvolvimento da criança” referindo-se a um artigo de autoria de Ariane Porto, ex-integrante do Programa de Pós-Doc da ECA.

O artigo original, denominado “O mundo da comunicação e o mundo da criança”, (Comunicação & Educação, São Paulo, v. 21, n. 1, p. 51-59, may 2016. ISSN 2316-9125), encontra-se disponível em: <http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-9125.v21i1p51-59> ou <http://www.revistas.usp.br/comueduc/article/view/96724/112702>.
Para André Serradas, Chefe de Divisão de Gestão de Sistemas de Comunicação e Disseminação de Produtos e Serviços, do Sistema Integrado de Bibliotecas da USP (SIBi), o fato consolidou uma parceria para que as revistas acadêmicas se tornassem fontes para os alunos/setoristas na produção de textos jornalísticos.


Bem-Te-Vi, o Filme!

Ariane Porto é professora da UNICAMP, sendo reconhecida como uma experiente cineasta. Foi criadora do Projeto Bem-te-vi, que trabalha educomunicativamente com crianças, adolescentes e jovens na produção audiovisual, em seus diferentes gêneros: ficção, documentário e animação.

Entre 2006 e 2008 o Projeto Bem-te-vi contou com a assessoria pedagógica do NCE/USP, sob a coordenação do Prof. Ismar Soares. Coube ao mesmo docente ser o supervisor do Pós-doc de Ariane, na ECA/USP. A última produção de Ariane Porto é o longa-metragem “Bem-Te-VI, o Filme”, reunindo o trabalho que sua organização educomunicativa produziu com crianças de diversos países, incluindo Inglaterra, Japão, Angola, Espanha e Brasil.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...