sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

15 anos depois de implantada, Educom consolida-se como política pública, em SP

Às vésperas Natal, no 2 de dezembro de 2016, a Secretaria de Educação da Prefeitura Municipal de São Paulo institucionaliza, mediante a Portaria Nº 7991/2016, a prática de criação de agências de notícias protagonizadas por estudantes, nas escolas públicas. A iniciativa consolida as atividades de cerca de 200 agências de notícias comandadas por estudantes na Rede Municipal de Ensino abrindo espaço para que a experiência se consolide, nos anos vindouros, em todas as Unidades Educacionais da Rede Municipal de Ensino, a partir de janeiro de 2017. Clique aqui para acessar ao documento.

Para o professor Fábio Rogerio Nepomuceno, que realiza projetos de educomunicação há dez anos, a nova Portaria dá um  impulso definitivo a uma iniciativa pública inovadora, como é o Imprensa Jovem: “Esta é uma política pública socialmente ativa que merece ser mantida e multiplicada, pois ela traz uma base de inovação para o currículo”, destaca Fabio, que pretende ampliar a iniciativa na escola em que será diretor em 2017, a EMEF Luiz David Sobrinho.

Segundo o coordenador do Núcleo de Educomunicação da SME, Prof. Carlos Lima, o Imprensa Jovem integra diversos projetos de educomunicação: “Nas agências de notícias, crianças, adolescentes e jovens têm a oportunidade de produzir jornais, rádios, blogs, redes sociais, programas de televisão, revistas, fotografias e outras mídias”.
Criado em 2005, como primeira iniciativa destinada a dar continuidade ao Programa Educom.rádio (implementado em 455 escolas do município, entre 2001 e 2004, pelo NCE-USP), o Imprensa Jovem cresceu nas escolas em decorrência do desejo dos estudantes em realizarem programas de rádio, em que pudessem produzir reportagens sobre questões de seus bairros. As expedições pelas comunidades para a elaboração das matérias incentivaram ações de cobertura jornalísticas na cidade.
Ao longo destes anos, as agências de notícias Imprensa Jovem passaram também a circular e participar dos principais eventos de São Paulo, como a Bienal do Livro, por exemplo, que, em 2016, contou com a participação de mais de 500 estudantes de 75 agências de notícias. Todas as produções foram compartilhadas por meio de blogs, rádios virtuais, canais no Youtube e páginas no Facebook, entre outras mídias.
“A participação no Imprensa Jovem tem mudado minha vida desde que entrei no projeto. Durante esses três anos, tive aprendizados que levarei comigo para a minha carreira profissional. Tenho não só aprendido muitas coisas, mas também a conviver com diversas pessoas, a ter responsabilidade e enxergar o mundo de uma forma diferente. Posso dizer que o Imprensa Jovem me ajudou a desenvolver todas as áreas da minha vida. Tive oportunidades únicas nestes anos”, ressalta a jovem Lorena Miranda Lopes, da Rádio JMS, da EE Júlio Marcondes Filho.



E acrescentar o serviço:


Informações para imprensa

Núcleo de Educomunicação da SME-SP
Telefone: (11) 3396-0603
E-mail:  
carloslima@prefeitura.sp.gov.br
Blog: 
https://imprensajovem10.wordpress.com
Site: 
http://portal.sme.prefeitura.sp.gov.br/educomunicacao
Página no Facebook: 
https://www.facebook.com/imprensajovem10/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...