Foto: Luiz Altieri

Entre 06 e 07 de setembro, foi realizado, em Buenos Aires, o 2º. Congresso Iberoamericano sobre Televisão e Educação promovido pelo Programa Escuela + (Escuela Plus), mantido há 10 anos pela empresa  Directv, levando os sinais de televisão acompanhados de uma formação dirigida a docentes de 8 mil escolas rurais de oito países da América Latina.

A abertura do Congresso coube aos pesquisadores Ismar de Oliveira Soares, Universidade de São Paulo e Presidente da ABPEducom, e Guillermo Orozco, da Universidade de Guadalajara, no México, que foram entrevistados diante de um público formado basicamente  por implementadores do programa na Argentina, Chile, Peru, Colômbia, Porto Rico, Uruguai, Equador e Venezuela .

A programação do evento contou também com quatro Mesas Redondas que trouxeram reflexões e experiências sobre inovação pedagógica,  multitelas, educação rural, dentre outras, com a intervenção de especialistas como Joan Ferrés (Espanha), Tereza Quiroz (Peru), Omar Rincón (Colombia), Vis Nadoo (Canadá), Celeste Mendonça, Jessica Rothenb, Anne Wintroub e Sebastian Ricaldoni ( USA),  Limber Santos e Jorge Delgado Lasa (Uruguai), Gustavo Laies, Ariel Merpet e Fabricio Ballarini (Argentina), Félix Oliver (Mexico). O congresso foi coordenado por Sandro Mesquita (USA), criador do programa Escuela + e Germán Covarrubias (Chile), responsável pedagógico do Programa na América Latina.

 

Da esquerda para a direita, Joan Ferrés (Espanha), Guillermo Orozco (Mexico), Tereza Quiroz (Peru), Ismar Soares (Brasil), Germán Covarrubias (Chile, coordenador do Programa Escuela +), Claudemir Viana (Brasil) e Silvia Becher (Argentina). Foto: Luiz Altiere.


Escuela Plus

O programa Escuela + oferece às escolas rurais tecnologia para acesso, por meio de satélites, à TV e à Internet,  e  apoio pedagógico aos educadores para que explorem, em suas atividades didáticas, os programas de televisão  em suas práticas escolares. Os programas televisivos são disponibilizados pela Directv, Sky, Discovery, National Geographic, Disney e outros para que alunos e professores os utilizem a partir dos projetos políticos pedagógicos de suas escolas.

O Congresso permitiu aos integrantes da ABPEducom (Ismar O Soares, Claudemir Viana e Luiz Altieri) encontros e diálogos com professores de escolas rurais de países participantes do Programa Escuela +, como foi o encontro com os professores Maria Carolina Moragapa e Alex Zapata, ambos do Chile, que compartilharam suas experiências de cinco anos com o Programa.

Da esquerda a direita: Ismar Soares, Alex Zapata, Claudemir Viana e Maria Carolina. Foto: Luiz Altieri.


O próximo congresso da Escuela + ocorrerá na cidade de Medellin, Colômbia, em outubro de 2019. Até lá, espera-se que o programa tenha sido implementado no México e no Brasil.

 

Jornalista e mestrando em Ciências da Comunicação (ECA-USP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *