Diretoria


Gestão 2016-2018


Diretoria eleita na Assembleia da ABPEducom de 08/09/2016
   
Em 08 de setembro de 2016, a Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação (ABPEducom) elegeu sua terceira diretoria

Presidente

Ismar de Oliveira Soares (ECA-USP) 
  • Foi Presidente na Diretoria Interina (2011-2012)
  • Assumiu na gestão 2012-2014 [reeleição]
  • Reeleição na gestão 2016-2018

Jornalista formado pela Cásper Líbero e graduado em Geografia e História. Doutor em Ciências da Comunicação (ECA/USP), pós-doutor pela Marquette University (USA). Professor Titular da ECA/USP, chefiou o Departamento de Comunicações e Artes por 8 anos. Atuou como professor do Ensino Médio, em escolas públicas e privadas nas décadas de 1970 e de 1980. No ensino superior, atuou na Universidade Metodista de São Paulo.

Fundou e coordena o NCE - Núcleo de Comunicações e Artes (USP). Coordena a Licenciatura em Educomunicação da ECA/USP. Esteve à frente da pesquisa que definiu e sistematizou, entre 1997 e 1998, o conceito da educomunicação, como um campo de intervenção social e de investigação acadêmica na interface comunicação/educação. Promoveu, a partir do ano de 2000, 18 congressos, simpósios e encontros nacionais sobre a temática. É jornalista responsável pela revista Comunicação & Educação, tendo colaborado ativamente para fundação da revista Viração. 

Vem colaborando, ao longo das duas últimas décadas, para que o conceito da educomunicação seja operacionalizado em níveis municipal, estadual e federal, através de políticas públicas, permitindo novas formas de gestão da comunicação nos processos educativos sejam implementadas. Para tanto, contribui para projetos como: o "Educom.TV" (2002), o "Educom.rádio", (2001-2004) e o Curso a distância "Mídias na Educação" (2006-2012).

Presidiu a UCBC - União Cristã Brasileira de Comunicação Social entre 1980 e 1986. Foi presidente da UCIP - Unión Catholique Internationale de la Presse (Genebra, Suíça) entre 2001 e 2009, articulando eventos em todos os continentes destinados à formação de jornalistas no campo da ética, da cidadania e da sustentabilidade.

Conheça mais detalhes do perfil do professor Ismar de Oliveira Soares.



Vice-Presidente

Maria Célia Giudicissi Rehder (NCE-USP)
  • Assumiu na gestão 2012-2014 [reeleição]
  • Eleição para Diretoria 2016-2018
É mestre em direitos humanos e democratização pelo Centro de Direitos Humanos da Universidade de Padova, na Itália e especialista em Gestão da Comunicação, Educação e Cultura pelo Departamento de Educação  e  Comunicação  da  Universidade  de  São  Paulo  (CCA-ECA-USP).  Há  14  anos  integra  como pesquisadora o Núcleo de Comunicação e Educação da Universidade de São Paulo (NCE-USP) e atualmente é membro do Conselho Científico Deliberativo da Associação Brasileira dos Pesquisadores e Profissionais 
em Educomunicação (ABPEducom). Bacharel em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, Maria  acumula  experiência  em  cooperação  internacional  e  ativismo  em  direitos  humanos  e educomunicação  nos  países  Timor-Leste,  Guiné-Bissau,  Quênia  e  Botsuana.  Na  passagem  pela  GuinéBissau,  destaca-se  seu  trabalho  como  Oficial  de  Advocacy  do  Coordenador  Residente  do  Sistema  das Nações Unidas e desenvolvimento da adaptação do curso brasileiro a distância Mídias na Educação para professores  guineenses,  em  parceria  com  a  Embaixada  do  Brasil  em  Bissau,  Universidade  Federal  do Pernambuco e Núcleo de Comunicação e Educação da Universidade de São Paulo. No Brasil, Maria também atuou como jornalista dos veículos DCI, Canal Futura, Jornal da Tarde, Estadão e foi vencedora dos prêmios da Union Catholique Internationale de la Presse pelos artigos de educomunicação publicados na Coluna “Pais e Mestres” do Jornal da Tarde; Prêmio Laura Russo de Jornalismo em reconhecimento pelo trabalho jornalístico realizado no Estadão em defesa das bibliotecas das escolas públicas e Prêmio do Movimento Orgulho Autista por melhor reportagem sobre inclusão. Sobre a sua atuação como educomunicadora e ativista  de  direitos  humanos  no  Brasil,  destaca-se  a  passagem  pela  ONG  Viração  como  educadora  da Plataforma  dos  Centros  Urbanos,  atuando  em  mais  de  30  comunidades  populares  de  São  Paulo;  a experiência como formadora no curso a distância Mídias na Educação e no projeto Educom.Rádio como pesquisadora  e  mediadora  do  NCE-USP  nos  processos  educomunicativos  desenvolvido  nas  escolas municipais da zona norte da Capital. A candidatura à vice-presidência da ABPEducom é a concretização do meu compromisso com a luta pela incidência política pela legitimação do campo da educomunicação no Brasil como também nas esferas internacionais  de  direitos humanos.  O meu  trabalho  visa  contribuir  para  que  as  ações  da  ABPEducom resultem no maior reconhecimento dos profissionais e pesquisadores do campo de forma igualitária, no sentindo de valorizar a educação popular, os movimentos de base, de infância, da juventude, dos jovens, adultos e idosos, da igualdade de gênero, racial, pelo empoderamento das mulheres e luta LGBT da mesma forma  também  que  o  trabalho  resulte  no  reconhecimento  dos  pesquisadores  tanto  autônomos  como detentores de diferentes titulações acadêmicas, valorizando a excelência e coerência epistemológica das pesquisas e projetos.


Secretaria Executiva

Claudemir Viana (ECA-USP) 
  • Foi vice-presidente na Diretoria Interina (2011-2012)
  • Assumiu na gestão 2012-2014 [reeleição]
  • Reeleição na gestão 2016-2018

Bacharel e Licenciado em História (USP). Mestre e Doutor em Comunicação (ECA/USP), com pesquisas sobre Educomunicação, Mídia e Criança, O Lúdico e a Aprendizagem na Cibercultura, Jogos digitais e Internet no cotidiano infantil. 

Atuou por 10 anos como Educador em escolas públicas e privadas, atuou por 11 anos como Diretor Acadêmico no Ensino Superior Particular, e como pesquisador por 16 anos no LAPIC – Laboratório de Pesquisas sobre Infância, Imaginário e Comunicação  (ECA/USP) É pesquisador colaborador nos projetos de educomunicação do NCE -Núcleo de Comunicação e Educação (ECA/USP) desde 2001. 

Atualmente orienta monografias do curso de Especialização semi-presencial Mídias na Educação, parceria MEC/UFPE/ECA-USP. Atua desde 2003 na ONG CENPEC como gestor de redes sociais educativas, de  onde também é co-autor da Coleção Ensinar e Aprender no Mundo Digital. É professor convidado nos cursos de Educomunicação da ECA/USP e Presidente da Associação dos Terapeutas Sem Fronteiras.  


Secretaria de Finanças

Daniele Próspero (NCE-USP; Interação)  
  • Assumiu em 2015 [eleição]
  • Reeleição na gestão 2016-2018
Daniele Próspero é Jornalista (UMESP), Mestre em Ciências da Comunicação (USP), especialista em Jornalismo Social (PUC-São Paulo) e em Educação Comunitária (Anhembi Morumbi).

É sócia-diretora da empresa Interação - Desenvolvimento de Projetos de Comunicação e Educação, membro do Núcleo de Comunicação e Educação (NCE) da USP e autora do livro: “Galera em Movimento - Uma turma que agita a transformação social do Brasil”.

Há 13 anos atua em projetos do terceiro setor, tanto na produção de conteúdo sobre a área, assim como na gestão e consultoria de projetos em educação, juventude, comunicação e mobilização social para diversas organizações sociais e institutos empresariais, como Senac, Cidade Escola Aprendiz, Instituto Verdescola, entre outros.

Atualmente, atua também como formadora do Programa Nas Ondas do Rádio, da prefeitura de São Paulo, além de assessoria na área de comunicação para instituições como a Agenda Pública e GIFE (Grupo de Institutos, Fundações e Empresas).


Diretoria de Comunicação

Douglas de Oliveira (Dodô) Calixto (NCE-USP) 

  • Eleição 2016-2018
Jornalista formado pela Unesp e mestrando do Programa de Ciências da Comunicação/ ECA-USP, atua como produtor e editor multimídia. Pesquisador de redes sociais digitais, comunicação digital e educomunicação, é criador do projeto 'Aula Pública: democratização do conhecimento nas Relações Internacionais' - coprodução do site Opera Mundi e da TVT.
Ex-atleta universitário pelo Lassen College (Califórnia, EUA), também atuou como repórter no jornal Bom Dia Bauru e educomunicador do projeto Mais Educação. Em 2003, como aluno da rede municipal de SP, participou do programa Educom.Rádio, quando teve a primeira experiência com a educomunicação. Hoje, colabora com o NCE (Núcleo de Comunicação e Educação) da USP e outras ações educomunicativas na cidade de São Paulo. Possui experiência como redator, produtor e editor de conteúdo para web, além do desenvolvimento de reportagens na área de Comunicação/Educação. "Resolvi me candidatar, pois acredito que há inúmeras  possibilidades de utilização das redes sociais na Internet e outras ferramentas na web a serem exploradas por nós. Pretendo utilizar meus conhecimentos em comunicação digital em favor da nossa associação, potencializando e dando evidência ao trabalho realizado pelos diversos educomunicadores pelo país. Para isso, a ideia é renovar o nosso site, aprimorando a nossa plataforma para que ela esteja sintonizada com o que há de melhor na web. Precisamos usar as possibilidades que existem na web para ampliar o diálogo e interagir com pessoas interessadas em entender o que é a ABPEducom".


Diretoria Cultural

Evelin Haslinger 
  • Eleição 2016-2018


Graduada  em  Pedagogia  e  especialista  em  Educação  Popular  e  Movimentos  Sociais.  É  mestranda  em Comunicação  no  Programa  de  Pós-Graduação  em  Comunicação  na  Universidade  do  Vale  dos  Sinos (Unisinos). Atualmente, desenvolve atividades como bolsista apoio técnico CNPq (1A) e integra o Conselho Científico  Deliberativo  da  Associação  Brasileira  de  Pesquisadores  e  Profissionais  de  Educomunicação 
(ABPEducom). Minha  experiência  profissional  e  acadêmica  tem  uma  trajetória  marcada  na  educação  popular  e  em movimentos sociais. Natural de Porto Alegre (RS), desde jovem estive diretamente ligada a atividades que visam à defesa, garantia e promoção de direitos de crianças e de adolescentes. Passei por projetos sociais, pelo conselho tutelar e pelo conselho estadual dos direitos da criança e do adolescente (CEDICA/RS). Em 
2011,  tive  a  oportunidade  de  conhecer  a  Revista  Viração  e  a  Rede  Nacional  de  Adolescentes  e  Jovens Comunicadores e até hoje contribuo com estas duas organizações.
Nos  últimos  anos,  dediquei-me  a  contribuir  com  a  ABPEducom  compondo  o  conselho  consultivo deliberativo  (CCD).  Além  das  atividades  da  ABPEducom, mobilizei  na  minha  região  cursos  de  extensão sobre Educomunicação, coberturas  educomunicativas  de  eventos  e  participei  das  três  edições  (2013  a 2015) do Projeto Mais Educom, uma iniciativa da Renajoc e Viração, onde levamos para escolas públicas, de Porto Alegre e região metropolitana, oficinas de educomunicação. Com  os  colegas  da  educomunicação,  aprendi  que  nada  faço  sozinha,  tudo  é  construído  de  maneira participativa  e  colaborativa.  Sendo  assim,  coloco-me  à  disposição  para  concorrer  ao  cargo  de  diretora 
cultural  da  ABPEducom  propondo-me  a  mobilizar  atividades  culturais  com  a  participação  dos  demais integrantes da diretoria e educomunicadores associados. 
Quero ser proativa e contribuir de forma ativa, na organização de eventos e congressos propostos pela ABPEducom.



Diretoria de Assuntos Profissionais e Formação Continuada

Bruno de Oliveira Ferreira 


Sou Bruno de Oliveira Ferreira, jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e especialista em  Educomunicação:  Comunicação,  Mídias  e  Educação,  pela  ECA/USP.  Trabalho como professor de Comunicação em cursos  técnicos  e  de  aperfeiçoamento  no  Senac  Osasco,  há  dois  anos.  Paralelamente,  atuo em outros projetos: faço parte do Programa Agentes do Governo Aberto, da Prefeitura de São Paulo, no qual ministro cursos e oficinas de educomunicação em equipamentos públicos da cidade e sou um dos idealizadores e formadores do Curso de Educomunicação da livraria Paulinas de Porto Alegre. Sou associado à ABPEducom há três anos e participo dos Encontros Brasileiros de Educomunicação desde 2011, nos quais apresentei trabalhos acadêmicos. Percebo que a associação prioriza o formato acadêmico tradicional e acredito que é preciso estabelecer processos alternativos a este, a exemplo do que ocorre no âmbito das organizações da sociedade civil, coletivos culturais e movimentos sociais, bem como estreitar o diálogo com essas entidades, espelhando-se, reconhecendo e incorporando suas experiências e práticas aos processos da associação. Nesse sentido, lanço minha candidatura à Diretoria de Assuntos Profissionais e  Formação  Continuada  da  ABPEducom  para  ajudar  na  concepção  de  formatos  não  acadêmicos  de processos  de  formação  e  para  articular,  promover  e  sistematizar  uma  discussão  e  pesquisa  entre  os associados sobre trabalho e prática profissional do educomunicador.


Gestões anteriores

Paola, Luci, Tatiana, Alexandre, Rosane, Ismar, Cristiane, Claudemir, Ademilde, Silene e Crtistina
primeira diretoria foi eleita em 2012, por ocasião da instituição da associação, em 27 de outubro de 2012, na Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo (USP) com mandato para dois anos. Na caminhada, alguns cargos tiveram substituição porque alguns membros assumiram outros compromissos. 
Diretoria eleita na Assembleia da ABPEducom de 11/10/2014 - Gestão 2014-2016

Ismar de Oliveira Soares (São Paulo) Rosane Rosa (Santa Maria-RS) Claudemir Viana (São Paulo)  Antonia Alves (Alto Araguaia-MT)  Daniele Próspero (São Paulo-SP) Paola Prandini (São Paulo) Rose Pinheiro (São Paulo)
Antes desse processo, foi designada uma diretoria interina para conduzir o processo de fundação da ABPEducom entre 2011 e 2012. 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...